6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoSilly Season ao rubro!

Silly Season ao rubro!

O mês de agosto é por norma o período onde menos noticias políticas existem, o que provoca uma necessidade extrema na criação das mesmas, levando tantas vezes à “atribuição de palco” a quem em período normal nem “bilhete na plateia teria”. Aparecem os “opinadores” que tudo sabem, que precisam de 5 minutos de fama, muito ao jeito dos programas de domingo à tarde quando ouvimos “cantores” que ninguém conhece com versões desafinadas, mas que na ausência dos verdadeiros cantores ajudam a preencher a grelha.

- PUB -

Com o país a arder, a inflação a disparar, os portugueses sem dinheiro e o Ronaldo sem a situação definida, era necessário dar algum palco à política portuguesa, afinal o único partido que se manteve a tempo inteiro a trabalhar e não foi de férias foi o Chega e André Ventura. Apareceram de todos os lados as notícias falsas, as tentativas de denegrir o trabalho do terceiro maior partido português, a bola de neve foi aumentando junto dos que não têm fontes, mas tornam um boato em fonte, dos que tinham a maior parte da redação de férias e por isso recorriam ao “copy paste” de outros, ou mesmo das “encomendas” postadas em jornais, redes sociais ou “diz que disse”.

Quando em 2019 o Chega elegeu André Ventura para o Parlamento o medo era muito, o medo que o Chega crescesse e entrasse no parlamento com outra forma, mas nesse momento apareciam sempre os arautos da desgraça que garantiam que o Chega não teria quadros para isso.

No início do ano, em consequência da crise política criada pela esquerda o País foi a eleições e o Chega elegeu 12 deputados. No Distrito de Setúbal elegeu um deputado e ficou a muitos poucos votos de eleger o seu segundo deputado, as criticas fizeram-se ouvir, a tentativa de descredibilizar, mas correu mal… o Chega entrou na Assembleia da República com 12 deputados determinados a lutarem por Portugal, pelos seus distritos e pelos Portugueses, as propostas que tantos dizem que não apresentamos foram mais de 300 em orçamento de Estado, dezenas em iniciativas parlamentares, centenas entre audiências e audições, e não somos nós quem o diz, basta consultar o site do parlamento e confirmar. No caso de Setúbal basta verem e ouvirem quantas vezes lutei por um SNS melhor, pelo início da obra do Hospital do Seixal, pela clarificação do caso dos ucranianos em Setúbal, pelo desenvolvimento de Sines quando ninguém ainda falava disso, pela construção da escola de Azeitão, por uma posição firme contra os mariscadores em Alcochete, etc.

- PUB -

Regressamos dentro de dias aos trabalhos parlamentares, e Setúbal pode contar connosco/comigo para levar a sua voz para dentro do Parlamento.

Os portugueses já entenderam, a única oposição que os defende em Portugal é liderada por André Ventura, é o Chega e tem um deputado eleito pelo círculo de Setúbal… Eu!

Comentários

Bruno Nunes
Deputado do Chega
- PUB -

Mais populares

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima

Orcas atacam veleiro em Sesimbra e seguem semi-rígido na Fonte da Telha

Ataque causou danos no leme da embarcação, mas o mesmo não perdeu a navegabilidade
- PUB -