29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioOpiniãoVemos, ouvimos e lemos. Dificilmente entendemos

Vemos, ouvimos e lemos. Dificilmente entendemos

Tive a oportunidade de participar no 7º encontro do Projecto de Investigação EsTejo – ‘O Estuário do Tejo e as suas áreas ribeirinhas: Estratégias para a sua sustentabilidade e desenvolvimento’ que decorreu no dia 15 de Outubro de 2021 no campus da Universidade Lusíada, em Lisboa, subordinado ao tema ‘O Estuário do Tejo: Frentes Ribeirinhas em Questão’.

- PUB -

Destacou-se um conjunto muito interessante de intervenções, nomeadamente, a especificidade territorial do Barreiro e da sua frente ribeirinha.

Este território, que foi objecto de diversos estudos e iniciativas públicas de debate e participação pelo PI EsTejo, e outras entidades, sendo uma área patrimonial sensível, encontra-se sujeito a diversas pressões, destacando-se a área da Qta. Braamcamp, cuja defesa motivou a criação de uma plataforma cívica – denominada Braamcamp é de todos – para tentar reintroduzir a ideia de utilização daquele espaço como um parque urbano, contrariamente à pretensão da administração local autárquica.

Esta plataforma apresentou uma Providência Cautelar em Tribunal, conseguindo a suspensão da venda para construção de habitação e a anulação do concurso que decorria então.

- PUB -

Neste momento existem trabalhos de construção em curso, relatados na imprensa nacional, com vista à modificação da caldeira do moinho de Maré Grande, em que o próprio moinho foi derrubado e as suas estruturas (quando o anunciado foi a “recuperação do Moinho Grande e caldeira”), para criar um espaço turístico anunciado como a ‘maior praia fluvial da Área Metropolitana de Lisboa’.

A descaracterização deste território, na sequência da intervenção anterior no Moinho de Maré Pequeno, com a construção de um edifício novo sobre as estruturas do antigo moinho, constitui um novo passo na perda do valor patrimonial e histórico que o qualificava.

Confirma-se a necessidade e, agora urgência, de se pensar este território como essa unidade integral, indissociável na sua gestão e ordenamento, dando o relevo devido a uma acção multidisciplinar completa, que possa dignificar o património das nossas comunidades, reabilitando-o adequadamente e tornando-o acessível a todos.

- PUB -

Membro da Plataforma Cívica Braamcamp é de Todos

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -