10 Maio 2024, Sexta-feira

- PUB -
Politécnico de Setúbal cria Academia Digital para “concretizar objectivos estratégicos”

Politécnico de Setúbal cria Academia Digital para “concretizar objectivos estratégicos”

Politécnico de Setúbal cria Academia Digital para “concretizar objectivos estratégicos”

Protocolo quer enquadrar pós-graduações para melhorar competências nas áreas tecnológica e digital

 

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) e as consultoras CGI, NTT DATA e DataCorner vão unir esforços para a criação da Academia Digital do IPS. Trata-se de uma estrutura que pretende enquadrar formações de nível pós-graduado, com vista à melhoria de competências e requalificação de profissionais nas áreas tecnológica e digital.

Este novo projecto vai permitir “concretizar um dos objectivos estratégicos do IPS”, no âmbito do projecto SONDA2026 – Smart Open Networks for Development Acceleration, com financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), respeitante ao “reforço e à diversificação de oportunidades de formação no domínio das competências digitais”.

O acordo vem ainda “reconhecer a importância” da cooperação institucional no âmbito da qualificação e requalificação da população, assim como o “papel dos empregadores na identificação das competências exigidas aos profissionais”.

Desta forma, explica o IPS em comunicado, determina-se que as entidades envolvidas “colaborem entre si no desenho de cursos de pós-graduação que sirvam as necessidades do mercado de trabalho neste sector emergente, caracterizado por uma constante e rápida evolução”.

No entender da presidente do IPS, Ângela Lemos, este protocolo assinala “o fortalecer da relação com as empresas”, neste domínio do digital, em que se verifica uma “rápida desactualização do conhecimento”, sendo necessário, “cada vez mais”, formações “feitas à medida e mais curtas”, para “responder às necessidades mais prementes do mercado de trabalho”.

A responsável sublinhou ainda a parceria já existente com as empresas signatárias, nomeadamente através de duas formações em conjunto – CTeSP em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação (Acceleration Program), com a CGI, e pós-graduação em Gestão e Visualização de Dados na Cloud, com a NTT DATA.

Quanto à DataCorner, empresa oriunda da Malásia, destacou a “particularidade de ter sido lançada em Portugal” através da incubadora de ideias de negócio do IPS, a IPStartUp, prevendo-se para breve a criação conjunta de cursos breves (microcredenciais).

“Contamos com as vossas empresas, que estão no centro da economia do nosso país, para que, juntos, possamos ir identificando quais são os melhores caminhos a tomar em termos formativos, e esperamos, de futuro, ter uma academia mais alargada, acolhendo outros parceiros”, concluiu.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -