23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Historiador setubalense recebeu menção honrosa no Prémio Mário Soares

Historiador setubalense recebeu menção honrosa no Prémio Mário Soares

Historiador setubalense recebeu menção honrosa no Prémio Mário Soares

Diogo Ferreira foi distinguido pela investigação em torno da História Local de Setúbal

 

O historiador setubalense Diogo Ferreira foi distinguido com uma menção honrosa no âmbito do Prémio Mário Soares – Fundação EDP 2023 a que concorreu com a sua tese de doutoramento, “Setúbal entre a República do pós-guerra e a Ditadura Militar”. O recém doutorado obteve esta distinção com uma investigação de história local num prémio nacional, elevando a cidade para o panorama da historiografia portuguesa.

- PUB -

O prémio, instituído em 1998, é atribuído anualmente e destina-se a galardoar autores de teses e dissertações ou de outros trabalhos de investigação originais realizados no âmbito da História Contemporânea de Portugal. Visa, igualmente, contribuir para a consolidação das carreiras de investigação de jovens investigadores no País nas áreas das ciências sociais, artes e humanidades.

A menção honrosa foi atribuída por unanimidade do júri, sendo este composto pelo professor Luís Andrade (presidente), pela professora Irene Vaquinhas e pelo professor José Luís Garcia, num concurso que contou com a apresentação de 36 trabalhos de investigadores de todos os cantos do País e alguns estrangeiros. A distinção foi entregue esta terça-feira, no auditório José Gomes Mota, na Fundação Mário Soares e Maria Barroso, por Isabel Barroso Soares, presidente do conselho de administração da fundação.

Os vencedores do prémio, João Moreira e Helena Moreno, concorreram com teses de doutoramento no quadro da história das ideias e da cultura, estudando, respectivamente, três intelectuais portugueses das décadas de 1960-1980 e os intelectuais da Casa dos Estudantes do Império.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -