12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Grupo Lisnave distribui mais de dois milhões de euros pelos trabalhadores

Grupo Lisnave distribui mais de dois milhões de euros pelos trabalhadores

Grupo Lisnave distribui mais de dois milhões de euros pelos trabalhadores

Metade do valor entregue aos funcionários dos estaleiros e restante atribuído ao pessoal das outras empresas

 

Dos mais de sete milhões de euros de lucro conseguidos no ano de 2022, o grupo de empresas Lisnave vai conceder mais de dois milhões de euros aos quase 500 trabalhadores da empresa. A decisão foi tomada na passada quinta-feira em assembleia geral de accionistas, onde o conselho de administração concordou “atribuir uma gratificação de balanço a todos os trabalhadores”, segundo explica o relatório de gestão e contas para o ano de 2022.

- PUB -

Assim, os trabalhadores da Lisnave – Estaleiros Navais vão receber uma gratificação de balanço no valor de um milhão de euros, enquanto a restante verba será distribuída pelos trabalhadores das empresas do mesmo grupo.

O mesmo relatório dá conta de que tanto a situação económica e financeira da empresa, bem como as vendas e prestações de serviços estiveram muito acima dos resultados de 2021. Ao nível do primeiro indicador, “é possível verificar que o valor da facturação total registou um crescimento de 21,8% quando comparado com o ano anterior, tendo sido acompanhado por um aumento de 12,5% no que respeita ao número de navios reparados”.

Já sobre o número de navios reparados, “para além do aumento relativamente ao ano anterior, quando comparado com a média de 76 navios, verificada no triénio de 2019/2021, registou uma subida de 18,4%”.

- PUB -

O mesmo documento refere o aumento do número de consultas e encomendas à Lisnave, mas com a diminuição da taxa de sucesso comercial. “As negociações destas consultas geraram 103 encomendas, cerca de 11% mais do que no ano de 2021, tendo a Taxa de Sucesso atingido o valor de 15,4%. Esta redução da Taxa de Sucesso é consequência da elevada taxa de ocupação do Estaleiro, que levou a que um número significativo de consultas tivesse de ser declinada, por falta de espaço em doca”.

Face ao ano anterior a empresa sediada na Mitrena, em Setúbal, apresenta também um  aumento significativo na reparação de navios nacionais, navios estrangeiros e navios em doca, com destaque para os 51 novos clientes oriundos de 23 países.

“Dada a globalização do mercado da Lisnave, os navios reparados durante o ano de 2022 foram originários de 51 clientes localizados em 23 países, sendo os mercados de maior significado, em termos de número de navios reparados, a Grécia com 17 navios, o Reino Unido com 15 navios, a Noruega com 11 navios e ainda Singapura com 8 navios”.

- PUB -

A Lisnave, empresa com 62 anos de história, é considerada líder mundial na reparação de navios e nos últimos anos tem apostado numa “Economia Azul, Economia Verde e Economia Circular” com o objectivo de assegurar a sustentabilidade do negócio e da reciclagem naval.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -