19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Deputados do PS visitaram instalações do IEFP de Setúbal

Deputados do PS visitaram instalações do IEFP de Setúbal

Deputados do PS visitaram instalações do IEFP de Setúbal

A cumprir os “Roteiros de Proximidade”, os parlamentares socialistas procuraram saber a situação de desemprego no distrito

 

Os deputados socialistas, eleitos pelo círculo eleitoral de Setúbal, visitaram na passada segunda-feira o Centro de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de Setúbal. Os parlamentares Eurídice Pereira, André Pinotes Batista, Fernando José e Gil Costa, foram recebidos pelo director do IEFP, José Luiz, e pela directora-Adjunta, Luísa Caravela de Oliveira.

- PUB -

Os responsáveis pelo IEFP de Setúbal, refere o partido em comunicado, “destacaram a estreita ligação do IEFP ao mercado trabalho, as parcerias com o tecido empresarial do Distrito de Setúbal e a relação dos cidadãos que interagem com esta organização”.

Durante a visita, que se realizou no âmbito dos “Roteiros de Proximidade”, Eurídice Pereira procurou saber sobre a integração no mercado de trabalho dos munícipes do distrito, questionando também sobre os apoios sociais – nomeadamente o subsídio de emprego – e se existia algum constrangimento nesta matéria, assunto que dizem ouvir-se “muitas vezes por parte dos partidos de direita”.

A nota refere também que, Portugal “dispõe, atualmente, da menor taxa de desemprego dos últimos 20 anos”, apesar de “os fenómenos de exclusão laboral se agravaram, ligeiramente, com a pandemia, nomeadamente por razões ligadas à saúde mental”. Neste sentido, o deputado Fernando José, coordenador do Grupo de Trabalho para a Agenda do Trabalho Digno, “procurou obter informações sobre o número de pessoas que se encontram em situação de desemprego prolongado”.

- PUB -

José Luiz e Luísa Caravela de Oliveira destacaram a estreita ligação com o Instituto Politécnico de Setúbal, que consideram ter um papel importante nas formações orientadas pelo IEFP.

O Centro de Formação Profissional de Setúbal recebe, anualmente, com cerca de 300 formadores e 9000 formandos. Com uma oferta formativa variada, nas áreas da aeronáutica, logística, refrigeração, electricidade, comando numérico, soldadura, contabilidade, gestão, fotografia, cozinha, pastelaria e construção Civil, o IEFP tem um papel importante na formação de pessoas em situação de desemprego.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -