19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Autarquias apresentam proposta de requalificação do Montalvão que inclui reforço da oferta de estacionamento

Autarquias apresentam proposta de requalificação do Montalvão que inclui reforço da oferta de estacionamento

Autarquias apresentam proposta de requalificação do Montalvão que inclui reforço da oferta de estacionamento

Câmara e União das Freguesias reuniram-se com munícipes e recolheram contributos para elaboração do projecto final

 

Os presidentes da Câmara Municipal e da União das Freguesias de Setúbal deram a conhecer a cerca de cinco dezenas de munícipes, numa sessão realizada no âmbito do programa “Ouvir a População, Construir o Futuro”, “um conjunto de ideias para a requalificação do Bairro de Montalvão”, que inclui o reforço da oferta de estacionamento.

- PUB -

Em comunicado, a Câmara de Setúbal explica que “a proposta prevê que a oferta passe de 838 para 949 lugares de estacionamento, 203 dos quais exclusivos para residentes”. “Temos de encontrar estacionamento para o maior número possível de carros, mas sem pôr em causa os direitos de quem usa passeios”, afirmou o presidente da edilidade sadina.

Na sua intervenção, André Martins salientou que “quando há estacionamento tarifado, há garantia de rotatividade”, apontando “a circulação pedonal e o uso dos modos suaves e transportes públicos como alternativa ao automóvel”.

A proposta apresentada no anfiteatro da Escola Secundária Sebastião da Gama “assenta no reperfilamento das ruas e renovação do espaço público dos quarteirões e pracetas”.

- PUB -

Inclui ainda a “requalificação e aumento das áreas de circulação pedonais, a regularização dos espaços de estacionamento e arborização, com a criação de cinco bolsas de estacionamento para residentes, e a redução de velocidade da circulação automóvel”.

Na reunião concretizada na quinta-feira foram ainda abordadas questões relacionadas com o trânsito, tendo sido debatidas “soluções para diminuir a velocidade”.

Em discussão esteve igualmente “a possibilidade de serem implementados sentidos únicos de circulação em algumas vias do Montalvão”. Contudo, o edil “admitiu como provável a necessidade de conjugar sentidos únicos com sentidos duplos”.

- PUB -

Além disso, explicou estar em cima da mesa a possibilidade de serem criadas “vias serpenteadas em certos locais”, identificando “como exemplo a colocação de canteiros nas ruas, que podem funcionar como forma de acalmia do tráfego”.

“Quem vive no bairro não precisa de velocidades, precisa de se sentir bem e de ter condições para circular de carro, mas também a pé. A tendência é baixar cada vez mais a velocidade nos espaços urbanos, para que a segurança dos residentes seja cada vez maior”, frisou o autarca.

No encontro foram ainda “ouvidos contributos dos moradores para a elaboração do projecto final”, sendo que a proposta apresentada “surge após a realização de intervenções no bairro”, como a abertura da Rua dos Arcos com dois sentidos de trânsito.

Para o vereador das Obras Municipais, Carlos Rabaçal, “algumas das preocupações manifestadas pelos residentes podem ser alvo de intervenções rápidas, antes de a requalificação mais profunda avançar”.

Já o presidente da União das Freguesias de Setúbal, Rui Canas, explicou que, com o intuito de que o Montalvão “seja usufruído o máximo possível pelas pessoas que lá vivem, em causa está a realização de uma transformação muito importante do bairro”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -