25 Maio 2024, Sábado

- PUB -
Arrábida vai ter câmaras de vigilância no final de 2020

Arrábida vai ter câmaras de vigilância no final de 2020

Arrábida vai ter câmaras de vigilância no final de 2020

Decisão foi aprovada hoje em reunião da AML. Câmara de Setúbal absteve-se. Projecto inclui Palmela e Sesimbra

 

O Conselho Metropolitano de Lisboa aprovou hoje uma proposta para a implementação de um sistema de videovigilância nos parques naturais da Arrábida, Sintra, Cascais e de Mafra, estimando-se que entre em funcionamento no final de 2020.

- PUB -

A proposta foi aprovada por maioria, com a abstenção da Câmara Municipal de Setúbal, durante uma reunião daquele órgão que se realizou ao início desta tarde em Lisboa.

No final da reunião, em declarações à agência Lusa, o primeiro secretário da Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa, Carlos Humberto, adiantou que o processo se encontra em fase de concurso.

“O concurso já está em processo. Não foi adjudicado, mas já se abriu o concurso. Eu acho que até ao final do próximo ano estará em funcionamento”, perspectivou.

- PUB -

A área que este projecto pretende cobrir abrange os municípios de Palmela e Sesimbra, no distrito de Setúbal e os de Cascais, Mafra e Sintra, no distrito de Lisboa..

De acordo com a proposta, a que a Lusa teve acesso, pretende-se instalar “um número mínimo” de 12 torres de video-vigilância, um centro de controlo e gestão, no Comando Territorial de Lisboa da Guarda Nacional Republicana, e um posto de operação no Comando Sub-regional de Lisboa da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

A Área Metropolitana de Lisboa integra 18 municípios, entre os quais nove da Península de Setúbal

- PUB -

Lusa

 

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -