2 Fevereiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalJunta de São Sebastião garante que problemas identificados no Jardim do Monte...

Junta de São Sebastião garante que problemas identificados no Jardim do Monte Belo vão ser resolvidos ou reportados

Grupo de cidadãos identifica várias situações, como a falta de um bebedouro em funcionamento e a necessária reparação do parque infantil

 

- PUB -

A Junta de Freguesia de São Sebastião (JFSS) garante que os problemas identificados por um grupo de cidadãos no Jardim do Monte Belo vão ser resolvidos pelos serviços operacionais da autarquia ou encaminhados para a Câmara de Setúbal.

A falta de um bebedouro em funcionamento foi uma das situações apostadas a O SETUBALENSE por Domingos José Neves, um dos membros do grupo de cidadãos que frequenta o espaço verde diariamente.

“O bebedouro está estragado há muito tempo e faz muita falta. Não há uma pinga de água disponível”, referiu. Já a autarquia, após visita ao local, diz ter-se verificado que “o bebedouro de facto não está operacional”, pelo que irá “proceder à sua reparação, muito embora não seja responsabilidade da Junta de Freguesia, mas sim do município”.

- PUB -

Questionada sobre as “árvores caídas no jardim”, que Domingos José Neves considera serem “um perigo para as crianças que frequentam o espaço”, a autarquia explicou não existirem árvores caídas, mas sim “duas ‘árvores do chá’ que, pela sua morfologia, cresceram com os troncos rasteiros e paralelos ao solo”.

“Estão estáveis e não constituem qualquer perigo para a população”, assegurou a autarquia, relembrando as intervenções realizadas pela Junta de São Sebastião e pelo município em 2020, que “contribuíram para beneficiar o ambiente do espaço, que era utilizado para consumo e tráfico de estupefacientes e era alvo de actos de vandalismo”.

No que diz respeito ao parque infantil instalado no espaço verde, o activista de 78 anos sublinhou estar “partido há meses”, além de ter apontado ainda como problemas “os passeios elevados devido às raízes das árvores, o acumular de lixo, a falta de assiduidade na limpeza e a falta de um abrigo para as pessoas se protegerem da chuva”.

- PUB -

“Sendo a manutenção [do parque infantil] responsabilidade da Câmara de Setúbal, vamos encaminhar a reclamação para os serviços municipais”, frisou a autarquia, para em seguida acrescentar: “Observámos que existem dois pontos nos quais a calçada se apresenta ligeiramente sublevada devido às raízes e consideramos que, por ora, não existe necessidade de intervenção”.

Sobre “o lixo que se acumula devido ao escoamento da água” referido por Domingos Neves, que gostava de “ver colocadas flores bonitas e arranjadas”, a Junta de Freguesia sublinha que “existem folhas secas, algo que é normal dada a época do ano”.

“Temos um trabalhador afecto àquela área da freguesia que limpa diariamente aquele espaço. No entanto, não se perspectiva que as folhas secas sejam recolhidas todos os dias pois não são consideradas lixo. A excepção será quando as folhas estiverem a impedir os sumidouros ou a estorvar a mobilidade pedonal ou automóvel”.

A concluir, a autarquia esclareceu que “não está prevista a instalação de nenhum abrigo para a chuva”, mas “está prevista a instalação de telas na pérgula de ensombramento para protecção do sol”, assim como estão “em negociações para ceder a concessão [do quiosque existente]”, estando prevista a reabertura em meados de Janeiro.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -