4 Fevereiro 2023, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalAlunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal brilham no pódio...

Alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal brilham no pódio de concurso nacional

Quatro estudantes da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal sagraram-se entre os dez finalistas do concurso, disputado por jovens de mais de 90 escolas

 

- PUB -

Miriam Chaínho, Pedro Pereira, Fábio Caixeiro e Daniel Castanho – todos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal (EHTS) – sagraram-se entre os dez vencedores da 11.ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia (JTG), organizado pelas Edições do Gosto e considerado o principal concurso nacional para jovens estudantes de restauração e hotelaria.

Entre as 12 escolas de hotelaria e turismo representadas na final através dos seus alunos, a EHTS foi a mais presente.

A final decorreu na escola de Fátima, em Dezembro. Os quatro estudantes, com idades compreendidas entre os 19 e os 23 anos e residentes em localidades dos distritos de Setúbal e Santarém, foram apurados a partir de um grupo nacional de 30 finalistas (três por cada categoria, no total de dez categorias, as quais tiveram um vencedor cada).

- PUB -

Miriam Chainho ganhou na categoria de Barista, Pedro Pereira na categoria de Barman INTER Magazine, Fábio Caixeiro na categoria de Tradição com Arroz Bom Sucesso, e Daniel Castanho venceu na categoria de Plant Based by Bonduelle.

Miriam Chaínho, natural de Grândola e com 19 anos, é estudante de Gestão e Alojamento Hoteleiro (Nível 5) e conquistou o lugar no ano de estreia da categoria de Barista, fazendo um balanço positivo da sua participação.

“Foi muito divertido e aprendi muito com os meus colegas e jurados. Foi definitivamente uma experiência enriquecedora a nível de conhecimentos e de networking”, disse a jovem a O SETUBALENSE. Para vencer, a jovem teve de preparar dois cafés perfeitos, dois cappuccinos e um mocktail com café.

- PUB -

Já Pedro Pereira, com 20 anos e natural do Barreiro, está no último semestre do curso de Gestão de Restauração e Bebidas (Nível 5), já com o estágio feito. “Ter ganho na categoria de Bartender INTER Magazine foi o culminar de cinco anos de formação na escola, fruto de muito trabalho e de muitas noites de estudo.

O concurso foi uma oportunidade de pôr em prática o que tinha aprendido até aqui”, resumiu o jovem, que apresentou aos jurados dois cocktails originais relacionados com a região de Setúbal.

“No Sado Martini fiz um twist do clássico Dirty Martini com gin Black Pig [de Santiago do Cacém] e tintura (infusão) de alface do mar e especiarias, para lhe dar a salinidade do rio. O Roots of Setúbal fiz com o mesmo gin, puré de doce de abóbora caseiro comprado no Mercado do Livramento, tintura (infusão) de abóbora, Moscatel de Setúbal e espuma de queijo de Azeitão. Os jurados gostaram do facto de serem produtos portugueses e da região”, contou o jovem, que começou a idealizar os cocktails há um ano.

Para Fábio Caixeiro, com 23 anos e natural da Chamusca, foi “a sensação de desafio e competição” que o motivou a participar no concurso. “Foi uma experiência muito enriquecedora e termos sido avaliados por chefs conceituados foi uma das mais-valias, pois quem sabe se pode dar frutos no futuro”, comentou.

O jovem cozinheiro conquistou o júri na categoria de Tradição com Arroz Bom Sucesso, com um arroz cremoso de pato com gel de laranja, e conta terminar em breve o curso de Gestão e Produção de Cozinha.

Daniel Castanho venceu, por sua vez, na categoria de Plant Based by Bonduelle, com um prato vegetariano (cremoso de cevada) incentivado pelo professor e pelos hábitos de consumo de muitas pessoas à sua volta. Neste momento, o jovem de 21 anos, natural de Azeitão, encontra-se a tirar o curso de Gestão e Produção de Cozinha (Nível 5) na EHTS, onde já tinha cursado Cozinha e Pastelaria (Nível 4).

“Trabalhar com os chefs foi muito produtivo e ajudou-me a desenvolver técnicas novas”, resumiu o vencedor a O SETUBALENSE.

A Edições do Gosto acredita que o concurso, “mais do que uma rampa de lançamento, é uma plataforma de aprendizagem que chama a atenção para o trabalho de formação turística que se faz nas escolas nacionais” e que tem “impacto na qualidade da mão-de-obra do Turismo, um dos sectores mais importantes da economia nacional”.

Acrescenta ainda que o JTG vem “reafirmar a pertinência e a importância de valorizar o talento e a aposta na formação, numa altura difícil para o recrutamento nas áreas da hotelaria e restauração”.

Trata-se de concurso destinado a jovens com idades até 25 anos que se encontrem a estudar numa escola de hotelaria em território nacional, e a jovens profissionais de cozinha que se encontrem a trabalhar há dois anos e que tenham menos de 26 anos.

Os alunos começaram por se inscrever voluntariamente no concurso, enviando as fichas técnicas do que pretendiam apresentar, e a partir da avaliação dessas fichas técnicas o painel de jurados obteve 80 semifinalistas.

Desses foram apurados 30 finalistas, três por cada categoria. Na final do concurso, os 30 finalistas (apurados nas escolas de hotelaria do Porto, Setúbal e Estoril) foram avaliados pelos jurados mediante a prova dos pratos, cocktails ou, no caso da prova de serviço de sala, com base no serviço feito pelo concorrente.

Entre o júri estiveram, este ano, Luís Gaspar, Leandro Araújo, Bruno Rocha, Andreia Moutinho, Camila Amaral, Miyuki Kano, Rodrigo Castelo, David Jesus, Paulo Carvalho, Teresa Castro, Mauro Álison, João Costa, Daniel Roberto e Francisca Dias, entre outros.

Os vencedores receberam um contrato de trabalho no Grupo Plateform (além de outros prémios) e os finalistas ganharam um estágio no referido grupo.

O JTG é patrocinado pela Makro, Bacalhau da Noruega, NX Hotelaria, ICEL, Bom Sucesso, Bonduelle e Let’s Talk About Pork, e conta com a Escola de Hotelaria de Fátima e o grupo Plateform como patrocinadores institucionais. Os parceiros são a Alug’aqui, Prochef e Sara HACCP.

Tem o apoio das Escolas do Turismo de Portugal, da REDE-T, da Chaîne des Rôtisseurs e da ACPP. A INTER Magazine é a revista oficial.

Comentários

André Rosa
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

Minipreço do Bairro do Liceu assaltado esta tarde

O assaltante, que usava uma máscara de palhaço para não ser identificado, terá ameaçado os presentes com uma faca.
- PUB -