31 Janeiro 2023, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalEstratégia de Setúbal para as praias da Arrábida apresentada como exemplo pelas...

Estratégia de Setúbal para as praias da Arrábida apresentada como exemplo pelas mais belas baías do mundo

Baía de Setúbal mostra, a congresso mundial, no Camboja, desenvolvimento das praias baseado numa “abordagem sustentável”

 

- PUB -

This slideshow requires JavaScript.

A estratégia que o município de Setúbal tem vindo a seguir para as praias da Arrábida, com aposta na redução da pressão automóvel e na acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, está a ser apresentada ao “clube” das mais belas baías do mundo como um exemplo de boas práticas para o desenvolvimento sustentável.

A Baía de Setúbal foi convidada para fazer uma apresentação, esta segunda-feira (dia 12), com o tema ‘beach development based on sustainable development approach, example of Setúbal Bay’ – desenvolvimento de praias com base na abordagem de desenvolvimento sustentável, exemplo da Baía de Setúbal -, no 16.º Congresso Mundial das Mais Belas Baías do Mundo, que está a decorrer no Camboja até quarta-feira.

- PUB -

O encontro, que arrancou este sábado, com a presença do primeiro-ministro, Samdech Hun, e do ministro do Turismo, Thong Khon, do Camboja, reúne mais de 300 participantes de 34 baías de 21 países, incluindo os representantes das duas cidades portuguesas que têm baías neste “clube”; Setúbal e Horta, na ilha do Faial, Açores.

A apresentação da Baia de Setúbal destaca o trabalho que o município sadino tem vindo a desenvolver nos últimos anos para compatibilizar o usufruto público da Arrábida com a preservação do meio-ambiente, designadamente através do programa ‘Arrábida sem carros’, que restringe o acesso automóvel à serra na época balnear, e o investimento nos acessos e na requalificação das praias da Figueirinha, Albarquel e Galapos.

Ricardo Oliveira, presidente da Associação da Baía de Setúbal, em representação do Município de Setúbal, explicou a O SETUBALENSE que a estratégia de intervenção seguida assenta na ideia de que “as fragilidades existentes [na Arrábida] são também a sua riqueza”.

- PUB -

“A partir de um espaço único, de grande beleza mas também ambientalmente sensível, como garantir a acessibilidade e o usufruto da população e dos visitantes?”, é o desafio a que, segundo Ricardo Oliveira, a Baía de Setúbal tem procurado responder na prática.

O responsável pela apresentação de Setúbal neste congresso mundial vai apontar “o ordenamento, a disciplina de utilização, nomeadamente quanto à ocupação automóvel, da serra e os projectos de recuperação ambiental das praias numa lógica de articulação da actividade humana com a preservação da biodiversidade e da riqueza ambiental da Arrábida”.

O esforço de Setúbal foi classificado, pelo presidente da associação das Mais Belas Baias do Mundo, Michel Bujold, no sábado, como um exemplo “formidável”.

Para Ricardo Oliveira, o destaque dado a Setúbal neste congresso mundial tem “várias dimensões”.

“Uma é o contributo eu Setúbal foi dando sempre para as Mais Belas Baías do Mundo, na preservação e defesa do modelo de desenvolvimento local que compatibiliza a preservação ambiental e o desenvolvimento económico e social. O turismo tem um papel fundamental. Outra dimensão é o compromisso histórico, pelas responsabilidades que assumimos. André Martins foi vice-presidente para a Europa e Maria das Dores Meira foi presidente, das Mais Belas Baias do Mundo. Nessa continuidade, o nosso contributo para este congresso é partilhar a nossa experiência.”, diz o presidente da Baía de Setúbal.

Setúbal, que é a primeira baía de Portugal inscrita nesta associação, desde 14 de Novembro de 2002, propôs, entretanto, a adesão da Baía da Horta, que foi formalmente admitida em 2012.

O presidente da Câmara Municipal da Horta, Carlos Ferreira, que está nestas funções há apenas um ano, considera “um orgulho” para a cidade açoriana pertencer a esta associação. “É um selo, importante para a Horta. Agora precisamos de encontrar formas de projectar a marca e, por essa via, a ilha do Faial”, disse o autarca a O SETUBALENSE.

A associação das Mais Belas Baias do Mundo foi fundada em 1997 e reúne mais de 40 baías em vários países, como França, Turquia, Israel, Camboja, Vietname, Filipinas, Japão, Coreia do Sul, Brasil, Moçambique, Angola ou Senegal.

Além de Ricardo Oliveira, a delegação de Setúbal ao Camboja inclui Catarina Azevedo, do Protocolo da Câmara Municipal de Setúbal, e Bernardo Holstein Guedes, membro da direcção da Associação Baia de Setúbal enquanto representante do hotel Casa de Palmela.

O Setubalense viajou a convite da associação ‘The most beautiful bays in the world’ 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado
- PUB -