29 Novembro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalSecretário de Estado destaca comunidade do Instituto Politécnico em dia de aniversário

Secretário de Estado destaca comunidade do Instituto Politécnico em dia de aniversário

Pedro Teixeira enaltece reconhecimento do mérito e dedicação “dos que fizeram além daquilo que era a sua obrigação” no Dia do IPS

 

- PUB -

A comunidade construída pelo Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) ao longo dos últimos 43 anos foi destacada pelo secretário de Estado do Ensino Superior na sessão solene comemorativa do Dia do IPS, cerimónia que marcou igualmente a abertura do ano académico.

A partir do Auditório Nobre da instituição, Pedro Teixeira frisou na passada sexta-feira a importância “de este sentido de comunidade ser celebrado de portas abertas”. “Não estão aqui apenas as pessoas que em termos formais pertencem ao IPS. Estão aqui representadas muitas outras instituições que colaboram com o IPS. Se estais aqui é pela importância que atribuis ao IPS e àquilo que o IPS representa e faz”, disse.

Sobre o reconhecimento do mérito e dedicação “dos que fizeram além daquilo que era a sua obrigação”, momento que marca igualmente o Dia do IPS, o secretário de Estado do Ensino Superior considera tratar-se da “afirmação do sentido institucional do IPS”.

- PUB -

“O IPS existe para servir os outros e aquilo que faz, fá-lo também com os outros. É por isso que é muito mais forte hoje e que é uma instituição mais viva”. No que diz respeito ao arranque de um novo ano lectivo, Pedro Teixeira afirmou que o mesmo deve ser “vivido com muito entusiamo”.

“Temos de começar este ano lectivo com entusiasmo, particularmente pelos dois anos muito difíceis que vivemos”, afirmou. Em seguida, realçou “o esforço que o IPS está a fazer, de diversificar a sua oferta formativa” e deixou dois desafios: “Repensar modos de ensino, aprendizagem e avaliação e trabalhar na cooperação”.

“É porque hoje temos instituições mais fortes como o IPS que podemos ser mais ambiciosos”, afirmou, a concluir.

- PUB -

Missão cumprida “muitas vezes a custos quase insuportáveis”

Antes, a presidente do Instituto Politécnico de Setúbal, Ângela Lemos, descreveu o “percurso de sucesso, com prestígio incontestável”, da instituição, ao mesmo tempo que abordou os “desafios e as limitações com que o ensino superior se tem debatido”.

“Apesar disso, temos continuado a cumprir a nossa missão institucional, muitas vezes a custos quase insuportáveis, quer a nível financeiro quer de recursos físicos e humanos”.

Sobre o trabalho a ser desenvolvido, destacou “a revisão do regulamento orgânico dos serviços centrais”, sendo que também a “valorização da carreira docente” foi elencada por Ângela Lemos, assim como disse que “a afirmação do IPS se faz igualmente pelas infra-estruturas que oferece”.

“Estamos empenhados na beneficiação e requalificação dos campi”, garantiu, revelando que “estima-se que este ano lectivo o IPS matricule mais de quatro mil estudantes”.

A terminar, a presidente da instituição disse desejar que “o IPS continue a trabalhar na vanguarda do conhecimento, privilegiando a reflexão e compreensão e levando a comunidade a experimentar novas áreas de actuação”.

A cerimónia ficou também marcada pelas palavras do vice-presidente da Associação Académica, Ivan Svac, ao assegurar que a AAIPS “quer ajudar a melhorar os números de abandono escolar, manter a qualidade das formações e fomentar a sua excelência”.

Na cerimónia esteve ainda Sandra Martinho, presidente do Conselho Geral, na qual afirmou que tem “procurado conversar sobre o que poderá ser o contributo do conselho para o IPS”.

Enquanto isso, a directora da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação, Ana Cristina Perdigão, demonstrou “disponibilidade para trabalhar com as instituições de ensino superior, procurando acrescentar valor às estratégias de internacionalização”.

No Dia do IPS, como ‘manda a tradição’, foram entregues medalhas de valorização do percurso profissional de 19 trabalhadores docentes, não docentes e aposentados. Também o trabalho dos estudantes e diplomados do IPS foi reconhecido, com a entrega de oito bolsas de estudo da Direcção-Geral do Ensino Superior, duas bolsas de mérito IPS e AICEP Global Parques e uma bolsa de mérito Ensino Magazine.

Já o Santander Totta concedeu subsídios de mérito a dois alunos. Com medalhas de mérito foram também distinguidos cinco trabalhadores docentes que obtiveram o grau de Doutor e seis que alcançaram o título de especialista.

A jornalista Helena Sousa Freitas arrecadou o Prémio Carreira AlumniIPS 2022, tal como foi reconhecido o envolvimento da comunidade académica na resposta aos desafios da sustentabilidade. Igualmente distinguido foi o Centro Hospitalar de Setúbal, com o diploma de instituição de mérito científico e tecnológico, assim como a Rovensa Ascenza Portugal, com o diploma de instituição benemérita.

A medalha de excelência 2022 foi entregue à directora técnica do IPS Covid-Lab, Marta Justino, e o título de professor benemérito a Pedro Dominguinhos, anterior presidente do IPS e actual presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento do PRR.

O título Professor Honoris Causa ‘viajou’ este ano até ao Porto, cidade na qual foi entregue ao arquitecto Álvaro Siza Vieira, “que marcou de forma indelével a paisagem arquitectónica do campus do IPS”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -