8 Dezembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCaldeira de maior potência do País está em testes na fábrica de...

Caldeira de maior potência do País está em testes na fábrica de Setúbal da Navigator

Equipamento vai permitir à empresa dedicada ao fabrico de papel reduzir as emissões de dióxido de carbono

 

- PUB -

A nova caldeira de vapor a gás natural e hidrogénio da The Navigator Company, a maior a ser construída no País, está em fase de testes na fábrica instalada em Setúbal.

O equipamento, “do tipo Aquatubular Energest”, vai permitir à empresa dedicada ao fabrico e comercialização de papel “reduzir as emissões de dióxido de carbono pela troca de combustíveis”.

Em comunicado, a Energest – Engenharia e Sistemas de Energia, responsável pelo projecto e pela construção e colocação em serviço do mesmo, explica que a caldeira possibilita  “aumentar a eficiência através da utilização de Best Available Technologies [as melhores tecnologias disponíveis] e elevar a eficiência na preparação e no transporte de combustível (gás natural por ‘Pipe Line’, isto é, gasoduto), diminuindo os riscos ambientais”.

- PUB -

Actualmente, a Energest está “a fazer o comissionamento à caldeira, para garantir os requisitos e necessidades operacionais da mesma”. A primeira etapa passa pelo “comissionamento a quente para, posteriormente, a caldeira começar a funcionar a 100% da carga, durante sete dias, e se desenvolver os testes de performance/aceitação”.

“A caldeira, integralmente refrigerada, debitando 57 T/h de vapor sobreaquecido a 64 barg – 460 º C – é uma solução “Tailor Made”, à semelhança de todos os projectos da Energest, que respeitam as especificidades da instalação, as condições do serviço e a sua respectiva aplicação”.

Para Miguel Marques, director de Produção na Energest, “a caldeira que, neste momento, se está a comissionar na Navigator tem diversas vantagens, tanto mecânicas como funcionais”.

- PUB -

Como vantagens mecânicas, o responsável destaca a “construção integralmente soldada, barrilete com reduzida furação, o que diminui muito as tensões, assim como a espessura do mesmo”.

Já no que diz respeito ao “aspecto funcional, devido à sua configuração, apenas 50% da água de circulação passa pelo ebulidor/barrilete, o que se traduz numa maior estabilidade no nível, elevadas taxas de transferência de calor e uma elevada taxa de circulação a todas as cargas”.

A Energest “centra as suas actividades na concepção, projecto, construção e montagem de equipamentos e instalações térmicas industriais, para as mais diversas áreas de negócios. As caldeiras aquatubulares destinam- -se à produção de vapor, através do aquecimento de água, recorrendo à queima de qualquer tipo de combustíveis.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -