27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalAntónio Quaresma Rosa recordado como “um homem bom”

António Quaresma Rosa recordado como “um homem bom”

Setubalense ligado ao movimento associativo e à cultura local faleceu vítima de doença

 

- PUB -

António Henrique Quaresma Rosa, conhecida figura ligada ao movimento associativo setubalense e à cultura local, faleceu na manhã de sexta-feira, 27 de Maio, vitimado por doença.

Natural de Setúbal, onde nasceu em 1938, António Quaresma Rosa teve intensa actividade pública local, sobretudo no associativismo, particularmente nas iniciativas de índole cultural.

Foi co-fundador do Círculo Cultural de Setúbal, do Centro de Estudos Bocageanos e das associações de defesa do património SALPA (Associação para a Salvaguarda do Património Cultural e Natural da Região de Setúbal) e DEPA (Centro de Estudo e Defesa do Património Histórico do Distrito de Setúbal).

- PUB -

Desempenhou funções nos órgãos sociais destas instituições, bem como na LASA (Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão), no CIMM (Centro de Iniciativas Manuel Medeiros) da UNISETI, no Clube Naval Setubalense e na Associação Cultural Sebastião da Gama.

Estudioso e divulgador do património histórico setubalense, leccionou na Universidade Sénior de Setúbal, foi colaborador do MAEDS (Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal), onde co-organizou vários eventos, como o ciclo dedicado à memória do historiador Almeida Carvalho, e integrou a Comissão de Toponímia sadina em representação da LASA.

António Quaresma Rosa foi também colaborador de O SETUBALENSE, tendo sido um dos participantes na obra “Setúbal no Centro do Mundo”, editada em 2020 para assinalar os 165 anos do jornal.

- PUB -

Na página de Facebook da LASA, a figura de Quaresma Rosa é apresentada como “setubalense de corpo inteiro, de uma generosidade sem limites, um apaixonado pela sua terra natal, de cuja história tinha um conhecimento profundo e que, colaborando com diversas entidades, deu a conhecer a inúmeras pessoas, com um entusiasmo e uma dedicação inigualável”.

A finalizar essa nota, Francisco Borba, presidente da LASA, regista: “Deixa-nos, com todas as letras, um homem bom! A LASA está de luto, fica mais pobre, e inclina-se, com muito pesar, mas com enorme gratidão, sobre a sua memória”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -