21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalSetúbal foi um dos municípios da região de Lisboa com menor quebra...

Setúbal foi um dos municípios da região de Lisboa com menor quebra do turismo

Dados indicam que passou a ser o quarto município mais relevante

 

- PUB -

De acordo com a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL), ao comparar os anos 2019 e 2020, Setúbal foi um dos municípios da região de Lisboa com menor quebra do turismo, com -46 por cento versus 71,5 por cento da região como um todo e -63,2 por cento no país.

Neste período, passou do sexto município mais relevante, do ponto de vista turístico da região de Lisboa, para o quarto.

Esta resiliência e “os relativamente bons resultados turísticos de Setúbal, cidade de escala média no contexto do país”, estão relacionados com o perfil e a experiência turística que oferece, baseada na gastronomia, enoturismo, turismo de natureza e praias da Arrábida, que inclui o Sado e a Arrábida e ainda Azeitão. Estes factores conferem a Setúbal “características muito particulares no contexto da Área Metropolitana de Lisboa”.

- PUB -

Em 2020 e 2021, a ERT-RL apoiou, através de planos de comercialização e venda de experiências, 22 empresas em Setúbal: 10 em 2021 e 12 em 2020.

Estas empresas divulgaram, promoveram e comercializaram ofertas, experiências e percursos nos produtos turismo de natureza, percursos no Sado, com a experiência da observação de golfinhos, e enoturismo.

A ERT-RL entende que este conjunto de acções, realizadas em parceria, “contribuiu certamente para posicionar Setúbal como um destino, no contexto da região de Lisboa, mais ligado à natureza, ao espaço livre e até ao mundo rural, tendo em conta Azeitão e a prática de enoturismo, o que pelo menos em parte explica os resultados moderadamente bons, em 2020, de Setúbal”.

- PUB -

Segundo os mesmos dados fornecidos pela ERT-RL a O SETUBALENSE, a região de Lisboa, que foi a mais afectada pela pandemia, perdeu 71,5 por cento da procura turística entre 2020 e 2019, foi também uma das regiões que mais recuperou em 2021.

Cresceu de 5.250.000 dormidas em 2020 para 7.800.000 em 2021, o que representa um crescimento de 48,2 por cento. Neste tempo, ganhou igualmente quota de mercado. Foi responsável, em 2021, por 20,8 por cento do turismo em Portugal, resultado medido pelo indicador dormidas em estabelecimentos de alojamento turístico.

Em 2022, esta tendência mantém-se. Em Janeiro, comparando com 2021, a região de Lisboa cresceu 190 por cento, 4,3 por cento acima do país. No mês de Fevereiro, cresceu 570 por cento, 42,2 por cento acima do país. A informação sobre Março ainda não é conhecida.

Dormidas registam aumento expressivo em todas as regiões

Segundo estatísticas publicadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a actividade turística manteve, neste mês de Fevereiro de 2022, a aceleração registada em Janeiro.

Registaram-se em Fevereiro aumentos das dormidas em todas as regiões portuguesas. A Área Metropolitana de Lisboa concentrou 29,2 por cento das dormidas, com um total de 857 089. No que diz respeito ao número de hóspedes nos estabelecimentos de alojamento turístico por localização geográfica, a Área Metropolitana de Lisboa soma 385 033 hóspedes.

O sector do alojamento turístico registou 1,2 milhões de hóspedes e 2,9 milhões de dormidas em Fevereiro de 2022, correspondendo a aumentos de 507,0 por cento e 527,1 por cento, respectivamente, superiores aos registados em Janeiro passado, +182,3 por cento e +185,0 por cento, pela mesma ordem.

Os níveis atingidos em Fevereiro de 2022 foram, no entanto, inferiores aos observados em Fevereiro de 2020, quando ainda não havia efeitos da pandemia, com reduções de 21,2 por cento nos hóspedes e 23,1 por cento nas dormidas.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -