21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalEstudo determina que futuro do Mercado do Livramento deve passar pela sustentabilidade

Estudo determina que futuro do Mercado do Livramento deve passar pela sustentabilidade

Investigação detalhada em livro, onde são apontados caminhos para a dinamização económica e melhoria do serviço da praça

 

- PUB -

Um estudo desenvolvido pela Câmara Municipal sadina, em parceria com o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), determinou que o futuro do Mercado do Livramento, considerado um dos principais do País, “deve passar sempre pela sustentabilidade”.

“O Mercado do Livramento deve ser o centro da gestão da sustentabilidade da região e deve assumir o papel de liderança no desenvolvimento sustentável de Setúbal”, revelou Duarte Xara-Brasil, um dos professores responsáveis pela pesquisa, pormenorizada em livro, apresentado na passada quinta-feira no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A obra, intitulada “Mercado do Livramento de Setúbal – Um ecossistema de sustentabilidade”, faz, em perto de duzentas páginas, “o diagnóstico da actual situação do mercado e aponta caminhos para a sua dinamização económica e melhoria do serviço”, refere a autarquia em comunicado.

- PUB -

Em conjunto com Duarte Xara-Brasil, a investigação foi conduzida por João Pedro Cordeiro, Luísa Cagica Carvalho e Pedro Cabral, professores do Centro de Investigação em Ciências Empresariais do IPS que descobriram que o caminho rumo à sustentabilidade “deve ser feito com quatro eixos fundamentais de actuação: clientes/parcerias, gestão de marketing, sistemas de governança e desenvolvimento dos comerciantes”.

Para Duarte Xara-Brasil, apesar de “o Mercado do Livramento ser um dos principais mercados do país, senão o mais importante, tem todas as condições para melhorar ainda mais o desempenho e ter um papel muito importante na valorização da região”.

Na sessão de apresentação interveio igualmente André Martins, presidente da edilidade, tendo garantido que o referido mercado tem um “papel de destaque na região” e que, por isso, “merece especial atenção da Câmara Municipal no que respeita à sua actividade, dinamismo e viabilidade”.

- PUB -

Já Pedro Dominguinhos, presidente do IPS, “enalteceu a importância do equipamento como ex-líbris do concelho”. “É um mercado, mas acima de tudo é um elemento de aglutinação que está enraizado na cidade. É importante a nível económico e para a estratégia de turismo da região”, disse.

O município de Setúbal, “empenhado em desenvolver todos os esforços para que o espaço comercial se mantenha como referência nacional, decidiu avançar com o estudo para elaborar o perfil do consumidor e do não consumidor do mercado”.

O projecto, agora compilado em livro, “pretendeu avaliar internamente, junto dos operadores do mercado, e externamente, junto de outros agentes, o funcionamento, a oferta, os factores de atractividade e as melhorias a introduzir para constituir-se como ferramenta de apoio à gestão”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -