20 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalInstituto Politécnico de Setúbal dá formação a agentes económicos de Angola

Instituto Politécnico de Setúbal dá formação a agentes económicos de Angola

Acções de capacitação abrangem 200 quadros superiores do INAPEM e prolongam-se até Maio de 2022

 

- PUB -

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) já iniciou o processo de formação para agentes económicos angolanos, ao abrigo do Programa de Capacitação “Negócios e Finanças” do Projecto “Envolver”, financiado pela União Europeia.

O conjunto de acções de capacitação – que arrancou no passado dia 29 e que se prolonga até Maio do próximo ano – é dirigido “a quadros superiores do Instituto Nacional de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (INAPEM), elementos da rede de prestadores de serviços (Business Service Providers) e outros actores importantes na dinamização dos negócios e empreendedorismo em Angola”, anunciou o IPS.

De acordo com o politécnico setubalense, as sessões de formação são dinamizadas em formato ‘online’ e abrangem um universo de duas centenas de quadros superiores do INAPEM, além de prestadores de serviços e empreendedores.

- PUB -

As acções de formação, realça o IPS, pretendem “garantir a aquisição e reforço de conhecimentos associados ao empreendedorismo e gestão de negócios, com temas ligados às finanças empresariais”.

Isto de modo “a incrementar a intervenção do INAPEM e das entidades que operam no quadro da facilitação e do acesso a financiamento, junto das Micro, Pequenas e Médias Empresas e dos operadores financeiros”.

O Projecto “Envolver”, lembra ainda o IPS, é “desenvolvido no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (PRODESI) do Governo de Angola”, que conta igualmente “com a parceria do IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação”.

- PUB -

De resto, o “Envolver” arrancou no passado mês de Fevereiro “com o propósito de promover o desenvolvimento de um sector privado sustentável e inclusivo, alicerçado na diversificação e disponibilização de serviços financeiros ajustados às necessidades das Micro, Pequenas e Médias Empresas e empreendedores”, reforça o politécnico, a concluir.

Liderado pelo INAPEM e desenvolvido com o apoio técnico especializado do IAPMEI e do IPS, o projecto contribui para incentivar e alargar o acesso das Micro Pequenas e Médias Empresas (MPME) aos serviços financeiros, através da formação destinada a estas últimas, a bancos comerciais, sistema judicial, entre outros.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Ana Catarina Gonçalves: A grandolense que arriscou e conseguiu montar um ‘império’ na vertente das explicações

Com apenas 21 anos, começou a acompanhar algumas crianças por brincadeira. Hoje, passados cinco anos, emprega três dezenas de professores

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -