26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Segunda fase de projecto-piloto de recolha de lixo arrancou ontem em Monte...

Segunda fase de projecto-piloto de recolha de lixo arrancou ontem em Monte Belo Norte

Ao todo, a autarquia instalou nos últimos meses 61 novos moloks que permitem a separação e recolha selectiva

 

- PUB -

Arrancou ontem, no Monte Belo Norte, freguesia de S. Sebastião, a segunda fase do serviço de recolha de resíduos orgânicos, projecto inédito que o município de Setúbal desencadeou em Janeiro último.

“Setúbal Composto Tem + Valor” dá nome do projecto-piloto que, sublinha a Câmara Municipal, “antecipa a obrigatoriedade de Portugal assegurar, a partir de 2024, a separação e reciclagem na origem ou na recolha selectiva” desse tipo de lixo.

A iniciativa, de resto, “já está em curso nas freguesias de Azeitão, Sado e Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra e na União das Freguesias de Setúbal, no modelo de recolha porta a porta”, lembra a autarquia, ao mesmo tempo que explica esta nova etapa.

- PUB -

“Nesta segunda fase, os munícipes abrangidos pelo projecto colocam os resíduos em contentores colectivos, semienterrados, distribuídos na via pública.

Num total de 61, os novos moloks, instalados nos últimos meses pela autarquia junto dos contentores de lixo comum, apresentam uma capacidade para armazenamento de três mil litros de lixo e possibilitam recolher as cerca de duas mil toneladas de resíduos urbanos biodegradáveis que esta área residencial do concelho produz anualmente, os quais serão reaproveitados posteriormente para produzir composto e energia.”

Os novos contentores, adianta a edilidade, “têm ainda a particularidade de serem apenas acessíveis por cartão electrónico individual”, processo que permite conhecer “a quantidade produzida de lixo nos diferentes pontos da cidade”.

- PUB -

A recolha nesta área da freguesia de S. Sebastião vai iniciar-se no próximo dia 29, mas antes, indica o município, “agentes devidamente identificados” vão esclarecer dúvidas e distribuir materiais de comunicação numa acção de sensibilização porta a porta.

O projecto “inclui, igualmente, a entrega de uma chave que permite desbloquear os novos contentores colectivos distribuídos na via pública e de um balde com capacidade de 20 litros que permite fazer a separação dos resíduos orgânicos”, acrescenta.

A autarquia salienta ainda que, “a partir de 31 de Dezembro de 2023, a recolha selectiva ou a separação e reciclagem na origem de biorresíduos passa a ser obrigatória em todo o território nacional”.

Os interessados em aderir ao projecto, “desde que abrangidos pelas áreas de intervenção definidas, devem fazer o pedido pelo contacto telefónico 217 977 717, por via do preenchimento do formulário online, disponível em http://setubalcomposto-form.pt, ou, ainda, nos contactos directos com técnicos especializados efectuados porta a porta”, conclui a edilidade.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -