10 Dezembro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalSetúbal Voz viaja até à cidade-berço para interpretar óperas “Nessun Dorma” e...

Setúbal Voz viaja até à cidade-berço para interpretar óperas “Nessun Dorma” e “A Nave dos Diabos”

Festival de Canto Lírico de Guimarães aconteceu entre domingo e ontem e contou com a participação das três estruturas da associação

 

- PUB -

A Associação Setúbal Voz foi uma das convidadas a participar no Festival de Canto Lírico de Guimarães, prestigiado evento cultural a partir do qual são concretizados diversos concertos, visando a promoção da cultura musical, do património artístico e da música universal, assim como a presença de personalidades do canto e da música lírica.

Nesta edição do certame, que decorreu no Auditório do Centro Cultural Vila Flor entre domingo e ontem estiveram presentes as três estruturas que compõem a Associação Setúbal Voz: o Coro Setúbal Voz, o Ateliê de Ópera de Setúbal e a Companhia de Ópera de Setúbal.

“Deslumbrado” e “maravilhado” foram as expressões utilizados pelo director do festival, Francisco Teixeira, para descrever o resultado.

- PUB -

“Mas não surpreso, com aquilo que assisti. As inúmeras pessoas que estiveram presentes e que me contactaram, transmitiram-me pasmo, admiração e surpresa. Estou muito entusiasmado para fazer, num futuro breve, uma grande ópera com a Associação Setúbal Voz e com a Orquestra do Norte, sobre uma tribo gnóstica do tempo da ocupação romana nesta zona do País”, acrescentou.

O festival contou ainda com um concerto de música clássica com a Orquestra do Norte, com a presença do tenor Marco Alves dos Santos e do barítono André Henriques.

Nos dois dias de iniciativa, ocorreram duas participações complementares. No primeiro decorreu o espectáculo intitulado “Nessun Dorma”, com a participação de membros do Ateliê de Ópera de Setúbal.

- PUB -

O momento contou com a participação de Ana Arruda, Ana Rosa, Anaísa Rato, Carina Ferreira, Célia Nascimento, David Martins, Diogo Oliveira, Frederico Paes, Isabel Soares, João Oliveira, Juliana Telmo, Marisa Rodrigues, Miká Nunes, Néu Silva, Odete Lula, Rita Santana, Salomé Cunha, Sónia Pereira e Teresa Hiêu.

Ontem, por sua vez, o Coro Setúbal Voz e a Companhia de Ópera de Setúbal fizeram parte do elenco da ópera “A Nave dos Diabos”.

No espectáculo, o Capitão Oliveira foi interpretado pelo barítono João Oliveira, enquanto que Imediato Néu pelo barítono Néu Silva, o marinheiro Paes pelo barítono Frederico Paes, o marinheiro Diogo pelo barítono Diogo Oliveira e o marujo Simões pelo tenor Paulo Reis Simões.

Já o coro masculino ‘vestiu’ as personagens dos marinheiros, tendo participado os tenores Alexandre Machado, David Martins, Frederico Prazeres, Jaime Torres, João Rato, Paulo Nunes e Paulo Simões, os baixos Adalberto Petinga, Eduardo Pereira, Francisco Canteiro, Giovanni Licciardello, João Carvalho, José Saraiva, Knud Kusche, Mário Canteiro, Miguel Viegas, Pedro Andrade e Vítor Hugo Rodrigues.

O mar, por sua vez, foi protagonizado pelo coro feminino, mais precisamente pelas sopranos Ana Arruda, Ana Leão, Dina Alves, Dora Neto, Eduarda Azinheira, Esperança Cadima, Fátima Brito, Isabel Costa, Maria José Gervásio, Marisa Rodrigues, Mónica Brito, Odete Lula, Regina Dinis, Salomé Cunha, Sara Rodrigues e Sónia Pereira. Também as contraltos Ana Ferreira, Ana Paula Rosa, Ana Rio Tinto, Anaísa Rato, Cláudia Martinheira, Dinora Ferreira, Guadalupe Solano, Isabel Soares, Maria do Carmo Barbosa, Madalena Roque, Paula Coelho, Susana Couto, Teresa Barreto e Teresa Hiêu estiveram envolvidas.

Enquanto isso, para apresentar os espíritos das águas, subiram a palco as sopranos Carina Matias Ferreira, Célia Inês Nascimento, Juliana Telmo, Miká Nunes. A morte foi interpretada pela actriz Sara Túbio Costa. A “Nave dos Diabos” teve concepção e direcção artística de Jorge Salgueiro, corporalidade de Iolanda Rodrigues, desenho de luz de Tela Negra, cartaz de Maria Madalena, sombra da empresa Rigger Evil Angels e apoio na investigação de Susana Mateus.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

PSP apreende 8.500 petardos no Montijo

Autoridades informam que escola acusou o referido estabelecimento da venda de petardos a crianças
- PUB -