26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Arquivo Municipal de Setúbal entra em funcionamento no antigo edifício da Direcção-Geral...

Arquivo Municipal de Setúbal entra em funcionamento no antigo edifício da Direcção-Geral das Finanças

Dores Meira diz que equipamento permite o “resgate da história social, política, administrativa e cultural” do concelho

 

- PUB -

O número 52 da Avenida dos Combatentes, mais precisamente o antigo edifício da Direcção-Geral das Finanças, passou agora a acolher o Arquivo Municipal de Setúbal, cujas instalações foram inauguradas na quarta-feira, no Dia de Bocage e da Cidade.

No “equipamento moderno”, a autarquia vai proceder à “organização, armazenamento e preservação do respectivo depósito”, explicou o município em comunicado.

- PUB -

É neste serviço, instalado num “património datado de 1900”, que é colocada “toda a documentação produzida no âmbito da Câmara Municipal, com uma grande amplitude de temas, embora predomine conteúdo relacionado com a área do urbanismo”.

Para Maria das Dores Meira, presidente da edilidade, as novas condições permitem “reconhecer o valor dos arquivos no resgate da história social, política, administrativa e cultural”.

Para a transferência do serviço de “nível intermédio”, foi necessário criar-se “uma área dedicada à consulta, uma sala de digitalizações, o depósito, a recepção de documentação, a sala multiusos, o serviço educativo e o gabinete de arquivista”.

- PUB -

Freguesia do Sado com novo pólo social e cultural

As comemorações bocagianas passaram igualmente pela freguesia do Sado, onde foi inaugurado um novo pólo social e cultural, “equipamento que ocupa o edifício de uma antiga escola básica, cedida pela Câmara Municipal”.

Os trabalhos, que avançaram naquele espaço “por falta de alunos no território”, resultaram num equipamento composto por uma “sala de reuniões e de apoio administrativo, uma área de exposições, sala de leitura e internet, cozinha e refeitório, um auditório e uma sala para actividades genéricas”.

A intervenção, conduzida pela Junta de Freguesia, com o apoio do município sadino, “foi executada por administração directa, pelos trabalhadores da junta, com desenho arquitectónico criado por técnicos municipais”.

“Estamos perante um equipamento que passa a ser um espaço vivo destinado a múltiplas actividades. Este é o papel do poder local: estar próximo das populações, compreender as suas necessidades e agir”, sublinhou Maria das Dores Meira.

Em seguida, salientou “a importância da política de proximidade na gestão do concelho, destacando o contributo vital que iniciativas como a descentralização de competências têm representado para a melhoria das condições de vida das populações”.

Por último, recordou que a autarquia transferiu para as juntas de freguesia, este ano, perto de cinco milhões de euros, sendo que, para 2022, o valor ‘dispara’ para quase seis milhões de euros. “Tudo isto para que a autonomia das freguesias aumente e para que consigam também ter iniciativas como esta que aqui celebramos”, sublinhou.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -