4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Município debate novo projecto em conferência anual de educação

Município debate novo projecto em conferência anual de educação

Evento junta profissionais do sector, técnicos e académicos na defesa de um melhor sistema de ensino

 

- PUB -

A definição de novas estratégias para construção de um projecto educativo para a cidade é o principal objectivo da VII Conferência Anual de Educação de Setúbal, que se realiza hoje no Auditório Municipal Charlot.

“Projecto Educativo Local”, “Caminhos que se trilham”, “O Planeamento da Cidade enquanto Espaço Educador”, “Actividades náuticas e devolução do rio à cidade” e “Cidade Educadora: ao Serviço Integral das Pessoas”, são os temas propostos para o encontro organizado pela autarquia sadina.

A iniciativa reúne profissionais da educação, técnicos e académicos que “partilham experiências e visões que podem marcar a diferença por um sistema de ensino melhor, não só no concelho de Setúbal, mas também no panorama geral do sector da educação no País”, considera o município.

- PUB -

Ricardo Oliveira, vereador da Educação da Câmara de Setúbal, afirma que o evento vai ajudar a “identificar as questões da identidade e desenvolvimento da identidade e da memória, questões do desenvolvimento da participação da população e do acesso à cultura”.

“Vamos identificar um conjunto de acções, de projectos e de iniciativas que dão esse contributo. Sabemos que não é apenas o município e as escolas que têm este tipo de acção, de intervenção e de actividade. Na comunidade há um conjunto de outras entidades e outras instituições e pessoas que também desenvolvem este tipo de intervenção”, antecipa Ricardo Oliveira. “É nesse sentido que vamos debater com a população e lançar uma nova forma de participação, convidando para encontros, ‘workshops’, preenchimento de inquéritos e reuniões, uma outra dimensão de um projecto educativo local”, adianta.

O autarca lembra ainda que em Setúbal já há vários exemplos da intervenção do município em múltiplas vertentes, que, indirectamente, acabam por ser fundamentais para um projecto educativo capaz de abranger toda a população, particularmente os mais desfavorecidos.

- PUB -

“Nós temos alguns exemplos de estratégias. Quando falamos do projecto de ‘Setúbal, Cidade de Interculturalidade’, quando falamos no programa ‘Nosso bairro nossa cidade’, estamos a falar de acções concretas que se dirigem à valorização e promoção do acesso à escolaridade e que dinamizam outras dimensões do processo educativo e do projecto de desenvolvimento humano”, frisa.

“São intervenções que têm como base o princípio da democracia e da participação da população no projecto educativo e que têm também outra perspectiva muito importante: é um projecto que tem que ser ‘com todos e todos’”, conclui o vereador

Lusa

- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -