27 Janeiro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalDeputados do PS visitam Navigator para avaliar apoios à economia e emprego

Deputados do PS visitam Navigator para avaliar apoios à economia e emprego

Um ano após o início da pandemia, socialistas fazem périplo para perceber efeito das respostas públicas

 

- PUB -

Vários deputados do PS estiveram sexta-feira em Setúbal num roteiro de preparação das jornadas parlamentares, marcadas para 15 e 16, e do debate sobre o estado da Nação, agendado para dia 22 deste mês.

A visita do grupo parlamentar centrou-se na fábrica da The Navigator Company, na Mitrena, onde os deputados procuraram perceber a importância das medidas de apoio às empresas e ao emprego, no âmbito da pandemia.

A presidente da bancada socialista no Parlamento, Ana Catarina Mendes, disse que o apoio estatal ao lay-off na Navigator ficou “acima dos três milhões de euros”, o que permite “perceber como o emprego foi suportado por este apoio”.

- PUB -

Para este périplo que estão a fazer a vários distritos, um ano após o início da pandemia, os eleitos socialista escolheram visitar a fábrica de papel de Setúbal pela importância da empresa, enquanto uma das maiores exportadoras nacionais mas também como exemplo da aposta que o país deve seguir.

“A Navigator concilia duas coisas decisivas para o futuro; recuperar a economia e preparar o futuro”, disse Ana Catarina Mendes, num encontro com os jornalistas, depois da visita. A líder parlamentar apontou ainda a multinacional do papel como “uma das empresas do concelho em que a transição digital garante competitividade e preocupação com a componente ambiental”.

A deputada, que é a primeira dos noves eleitos pelo PS no distrito de Setúbal, recorda que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) tem verbas de milhões para as áreas da competitividade e da eficiência ambiental e afirma que “a Navigator é uma das empresas que está a contribuir para uma economia mais sustentável e competitividade no emprego”.

- PUB -

Fundos extra para Setúbal

A líder parlamentar do PS garante que a necessidade de correcção da injustiça no acesso da península de Setúbal aos fundos europeus “finalmente tem a disponibilidade do Governo”, referindo-se ao que a ministra da Coesão tinha dito de manhã na conferência promovida pela AISET (ver páginas 12 a 15) e que a criação de uma NUT III para Setúbal vai ser formalmente solicitada, a Bruxelas, até dia 1 de Fevereiro de 2022.

Entretanto, até que estas alterações produzam efeitos na chegada de fundos comunitários à região, vão passar vários anos, pelo que Ana Catarina Mendes defende que o investimento deve ser assegurado por outras fontes.

“Que até lá se concentre no Orçamento de Estado, no PRR e nos fundos disponíveis [verbas não executadas do Portugal 2020], para atenuar esta divergência entre norte e sul da AML”, disse a presidente da bancada socialista, que promete “tudo fazer para esbater esta assimetria”.

Entre os deputados presentes em Setúbal estiveram Eurídice Pereira, André Pinotes Batista, Maria Antónia Almeida Santos, Clarisse Campos, Fernando José e vários dirigentes partidários da região, que se juntaram num almoço no restaurante ‘O Novo 10’ em que participou também o líder da Federação Distrital, e secretário de Estado, António Mendonça Mendes.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -