11 Maio 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Centenária Escola Conde de Ferreira recebe obras para acolher actividades educativas e...

Centenária Escola Conde de Ferreira recebe obras para acolher actividades educativas e culturais

Intervenção da União das Freguesias, centrada na conservação do edifício, deve ficar concluída dentro de um mês

 

- PUB -

A Escola Conde de Ferreira, edificada entre 1887 e o ano seguinte, encontra-se a receber obras de requalificação por parte dos serviços da União das Freguesias de Setúbal (UFS), com o objectivo de acolher um Centro de Recursos Educativos e Culturais.

A intervenção, em curso desde Dezembro passado, está a ser “realizada com os recursos humanos e equipamentos da junta de freguesia”, num investimento “na ordem dos 30 mil euros”, começou por explicar Nuno Marques, membro do executivo da UFS, responsável pelos pelouros da Cultura e do Movimento Associativo, a O SETUBALENSE.

Centrada na “conservação do edifício”, a empreitada recai sobre “as cantarias, designadamente no frontão e no muro de entrada, algumas paredes interiores, fachadas, muro poente e caixilharias de madeira das janelas e portas”. “Juntámos outras pequenas acções, que melhoram a eficiência energética do edifício e a imagem do conjunto, devolvendo o espaço à originalidade”, esclareceu Nuno Marques.

- PUB -

No seu espaço, contou, ‘mora’ o espólio da associação dos antigos alunos do estabelecimento de ensino, assim como “tem como entidades residentes a Associação Casa da Poesia de Setúbal e o projecto Ateliê de Ópera de Setúbal, da Associação Setúbal Voz”.

A ideia inicial passava por instalar “um espaço museológico dedicado à educação, a partir da colecção do professor Daniel Pires”, objectivo conjunto “da câmara de Setúbal, da UFS e do Centro de Estudos Bocagianos”. “Para esse fim, foi redigido um protocolo entre as duas autarquias, para cedência do edifício à câmara, tendo sido aprovado pelo órgão municipal”.

Contudo, a Assembleia de Freguesia acabou por “não aprovar o protocolo”. A partir daqui, nasceu a intenção de ser instalado na Escola Conde de Ferreira um centro educativo e cultural, “caminho que se tem materializado aos poucos e que, após a obra, ganhará impulso”.

- PUB -

“Será um espaço aberto à comunidade, seja ao movimento associativo ou aos artistas e criadores. Terá uma ocupação grande e uma programação cultural regular, utilizando espaços interiores e o logradouro”, acrescentou Nuno Marques.

O Centro Comunitário da UFS passará, de igual forma, a realizar neste equipamento, com renovações terminadas “no prazo máximo de um mês”, “diversas actividades”. Para o membro do executivo, este “equipamento dignificará o emblemático edifício e a memória histórica da sua função educativa e social”.

A edificação da icónica escola há 134 anos remete-nos para Joaquim Ferreira dos Santos, Conde de Ferreira, falecido a 24 de Março de 1886. Antes da sua morte, “lega parte da sua fortuna para a construção de 120 escolas em sedes de concelho”.

A cidade de Setúbal acabou por concorrer, surgindo, assim, a Escola Conde de Ferreira, que “durante quase um século foi a mais importante da freguesia de São Julião”. “Posteriormente acolheu a Delegação Escolar e a Coordenação Distrital de Extensão Educativa. Desde Outubro de 1986 é propriedade da Junta de Freguesia de São Julião, agora integrante da UFS”, concluiu.

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Porto de Setúbal: Tersado recebe grua de última geração

A nova grua está optimizada para navios da classe Panamax, permitindo subir e descer as cargas a uma velocidade até 120 metros por minuto   A...
- PUB -