17 Abril 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal IPS investe 110 mil euros em projectos de investigação aplicada

IPS investe 110 mil euros em projectos de investigação aplicada

Os projectos vão decorrer durante 18 meses e envolve 24 investigadores do IPS, 12 externos e 10 entidades parceiras

 

- PUB -

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) vai investir em quatro projectos nas tipologias de Investigação e Desenvolvimento (I&D) e Investigação Exploratória, os quais têm a missão de “produzir novo conhecimento em estreita articulação com o meio organizacional regional”, explica a direcção do instituto.

Esta aposta na investigação vai decorrer durante os próximos 18 meses e, sobre os quatro projectos, o IPS vai aplicar um investimento “perto de 110 mil euros”, para investigação aplicada. Ao todo, os projectos vão envolver 24 investigadores do instituto, 12 investigadores externos e 10 entidades parceiras.

A selecção foi feita em concurso interno, lançado em 2020 aos Centros de Investigação do IPS (CIPS2), numa edição que recebeu um total de 14 candidaturas, envolvendo oito dos nove CIPS2. A avaliação multidisciplinar ficou a cargo de um júri externo, composto por quatro elementos do meio académico e científico.

- PUB -

Quanto ao investimento, este é “totalmente suportado por receitas próprias”, e abarca os domínios das Ciências Empresariais, Engenharia e Desenvolvimento Sustentável, Energia e Ambiente, Desenvolvimento de Produto e Transferência de Tecnologia.

Indica o IPS que entre os projectos exploratórios, encontram-se duas propostas de produção de _scaffolds_ cerâmicos para regeneração óssea por impressão 3D (BioScaff) e de criação de um roadmap para o sector do vinho na Península de Setúbal (RoadWine).

No que toca à componente de I&D, a aposta recai sobre o desenvolvimento de um modelo de gestão integrado como ferramenta de apoio à governança do Estuário do Sado (GI4Sado), e de uma solução motivacional inovadora para exercício personalizado através da plataforma computacional ONParkinson (MoveONParkinson).

- PUB -

Com estes quatro novos projectos, o IPS pretende “reforçar a capacidade de investigação dos seus CIPS2, visando não só o incentivo a outros tipos de candidaturas, como também intensificar a cooperação com as organizações da região, aportando novos impulsos para a sua dinâmica de inovação, e sobretudo dar aos estudantes a oportunidade de participar em projectos de I&D”.

- PUB -

Mais populares

Mercadona confirma supermercado no Montijo igual ao de Setúbal

Marca vai investir milhões de euros nos dois concelhos. Futuras superfícies comerciais vão ter 1 900 metros quadrados de área de venda   A expansão da...

“Vitória já garantiu uma subida de divisão contra todos os arautos da desgraça”

Depois de assegurar a Liga 3, Vitória aponta ao 1.º lugar no ‘play-off’ para subir à II Liga

Mulher degolou idoso em bairro de lata no Seixal e queixou-se de violação

Sem-abrigo está a ser julgada pelo homícidio do homem de 68 anos, depois deste ter sido encontrado morto em Santa Marta do Pinhal   Tânia Rodrigues,...
- PUB -