21 Junho 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Setúbal PS afirma que a CDU está a penalizar os setubalenses com novo...

PS afirma que a CDU está a penalizar os setubalenses com novo estacionamento

O PS de Setúbal defende que os lugares nos parques de estacionamento subterrâneos a serem construídos na Avenida Luísa Todi “não devem ser pagos”, ou, pelo menos, devem ter “tarifas reduzidas”, para “poderem ser utilizados por quem se desloca para os locais de trabalho ou tomar outro meio de transporte”. Por isso, na última reunião de câmara, os vereadores socialistas votaram contra a proposta de adjudicação deste parqueamento apresentada pela maioria CDU.

- PUB -

Consideram que “os moldes em que o concurso público foi lançado e a presente proposta de adjudicação será fortemente penalizadora para os setubalenses”, isto quando “mais de metade da cidade passará a ser tarifada para efeitos de estacionamento”.

Tendo em conta que “grande parte da zona da baixa da cidade ficará com estacionamento tarifado, bem como a esmagadora maioria das zonas residenciais”, os setubalenses “serão chamados a pagar um brutal e enorme aumento das tarifas a cobrar em todas as zonas”, aumento que se traduz em “valores muito superiores, aos praticados noutros concelhos da Área Metropolitana de Lisboa”.

Lamentam ainda que o executivo comunista não tenha aceitado as propostas apresentadas pela bancada socialista, onde constava “aumentar para dois o número máximo de dísticos para empresas, e incluir como beneficiárias do dístico de residente as Instituições Particulares de Solidariedade Social que prestem serviço de apoio domiciliário no concelho de Setúbal”. Isto para além da “redução [para residentes] das tarifas em todas as três zonas da cidade.

- PUB -

Cabalmente, para o PS, a proposta agora adjudicada “não vem dar resposta às necessidades de estacionamento e de mobilidade, levantando muitas dúvidas sobre o impacto que terá na economia local em alguns pontos da cidade, além de vir castigar, ainda mais severamente, os setubalenses”.

A isto acrescentam que a “crítica situação financeira da autarquia e o desespero no encaixe imediato de 4 milhões de euros, não podem justificar a decisão de, nesta data e a poucos meses dum fim de ciclo, hipotecar o futuro de Setúbal”.

- PUB -

Mais populares

Moradores de cooperativas em Azeitão preocupados com leilão das suas casas

Os moradores da Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bairro dos Trabalhadores, em Azeitão, foram recentemente surpreendidos com a informação de que as suas...

PSP chamada à Escola Básica de Aranguez por furto de dinheiro [actualização]

“Centenas de alunos” tiveram de aguardar “à porta do estabelecimento de ensino” até à chegada da força de segurança   A Polícia de Segurança Pública (PSP)...

Burger King abre este Verão na Quinta Fonte da Prata

Novo espaço vai criar 20 postos de trabalho e terá Drive In disponível   O novo restaurante da cadeia norte-americana Burger King, cuja estrutura encontra-se em...
- PUB -