30 Novembro 2021, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalInstituto Politécnico e Segurança Social assinam protocolo de apoio ao sector social

Instituto Politécnico e Segurança Social assinam protocolo de apoio ao sector social

Projecto pretende também auxiliar as pessoas idosas, portadoras de deficiência e cidadãos sem-abrigo

 

- PUB -

Com vista à “criação de um banco de voluntários” no seio da comunidade académica, para apoiar as “instituições do sector social e a população vulnerável que beneficia do seu trabalho”, o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) assinou na passada sexta-feira um protocolo de colaboração com o Centro Distrital da Segurança Social de Setúbal (CDSSS).

O protocolo, que pretende “colocar no terreno o projecto “Gestos para/com a Comunidade”, para “minimizar os impactos da Covid-19”, também nas “pessoas idosas, portadoras de deficiência e cidadãos sem-abrigo”, foi estabelecido em sessão online.

O encontro virtual contou com a presença do presidente do IPS, Pedro Dominguinhos, e da então ainda directora do CDSSS, Natividade Coelho, que considerou tratar-se de “um protocolo suficientemente aberto, não só àquilo que são as especializações no instituto, mas sobretudo a uma disponibilidade de participação cidadã”, utilizando-se os recursos do voluntariado para melhor servir “quem mais precisa”.

- PUB -

“Este protocolo é, por um lado, um corolário e uma formalização de um trabalho prévio, mas é também, sobretudo, um pontapé de saída para novas formas de participação e articulação, seja com estudantes, seja com docentes, para melhor intervir, de forma mais qualificada e sobretudo de forma integrada”, reforçou.

Já Pedro Dominguinhos reconheceu que a pandemia trouxe “um conjunto de novos desafios”, “identificados em articulação com o CDSSS”, e que as actividades desenvolvidas no âmbito da colaboração do IPS com a Associação de Socorros Mútuos e a Associação da Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra serviram como “um balão de ensaio para este novo projecto”.

“Desenvolvemos um conjunto de iniciativas relacionadas com o apoio à comunidade e a um conjunto de instituições, desde a produção de viseiras, de álcool/gel, apoio aos idosos e apoio aos nossos estudantes, que naturalmente continua neste momento particularmente complexo”, acrescentou.

- PUB -

O projecto “Gestos para/com a Comunidade”, de auxílio às “instituições identificadas pela Segurança Social”, vai desenvolver-se “nomeadamente nas áreas de análise e gestão de dados, de apoio à organização e gestão, reforço da mobilidade e saúde mental, e formação e sensibilização”.

Além do voluntariado, “a cooperação estabelecida prevê como modalidades de participação a realização de estágios curriculares e a contratação de estudantes, ao abrigo do programa extraordinário de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde, lançado pelo IEFP”.

Com GR // VAM // Lusa

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -