5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalMembros do Centro de Apoio aos Sem Abrigo participam no Preço Certo

Membros do Centro de Apoio aos Sem Abrigo participam no Preço Certo

Associação contou com o contributo e ajuda dos actores setubalenses Manuel Marques e Luís Aleluia

 

- PUB -

Diversos membros do núcleo de Setúbal do Centro de Apoio aos Sem Abrigo (CASA) passaram um dia diferente em plena quadra natalícia, ao serem convidados para participar numa edição especial de O Preço Certo, o já clássico programa da RTP, apresentado por Fernando Mendes.

Na edição solidária estiveram presentes, e inclusive participaram, figuras ligadas ao teatro e à televisão, tendo estado o CASA representado pelo actor Manuel Marques, conhecido setubalense. Outro actor de renome que participou no programa de cariz solidário foi Luís Aleluia, padrinho e “generoso apoiante” do projecto que apoia os sem abrigo, segundo a União das Freguesias de Setúbal explicou em comunicado.

A Junta de Freguesia, que mantém uma “relação próxima e de constante apoio e valorização da empenada acção solidária” da instituição, foi convidada pelos voluntários, tendo também estado presente. Em representação da autarquia marcou presença Fátima Silveirinha, membro do executivo da Junta.

- PUB -

O CASA acabou por sair do programa com um grande número de equipamentos e alimentos, que têm como propósito reforçar a capacidade e o meritório trabalho da associação, que diariamente providência refeições a mais de 60 pessoas.

O transporte dos bens adquiridos e outro material doado ficou a cargo da União das Freguesias de Setúbal, que “expressa, uma vez mais, o seu reconhecimento pelo trabalho de todos os que voluntariamente, ao longo de todo o ano, assegura, o apoio social que o CASA presta”.

A Junta de Freguesia destaca, ainda, aqueles que “solidariamente têm contribuído” para a acção do CASA, “nomeadamente participando no ‘Tacho Solidário’”. Esta iniciativa arrancou em Abril e já preparou mais de 180 tachos com refeições para quem se encontra na rua ou para famílias com carências económicas ou alimentares.

- PUB -

O projecto, que arrancou pelas mãos de um grupo de voluntários, garante actualmente que 70 pessoas são alimentadas.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -