28 Novembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCalçada portuguesa da cidade em exposição no Museu do Trabalho

Calçada portuguesa da cidade em exposição no Museu do Trabalho

Muitas vezes caminha-se sobre arte e poucas vezes se dá por isso. É a calçada portuguesa que a Câmara de Setúbal realça agora em exposição

 

- PUB -

O Museu do Trabalho Michel Giacometti, em Setúbal, vai ter em exposição um conjunto fotográfico dedicado à calçada portuguesa, os calceteiros da cidade e o projecto “Veja Lá Bem Onde Põe os Pés”. A mostra é inaugurada no sábado, dia 7, às 16h00, e partilha diferentes olhares, através das objectivas, sobre uma das artes que os portugueses espalharam pelo mundo.

Trata-se assim de uma mostra sobre “um dos maiores cartões de visita do País, focando-se sobretudo na dispersão da calçada por Setúbal e do quotidiano dos que nela trabalham”, qualifica a autarquia.

A exposição resulta de uma recolha de fotografias, testemunhos e memórias dos quotidianos da profissão de calceteiro, feita pela Câmara Municipal de Setúbal e por um conjunto de fotógrafos, e divide-se em dois grandes núcleos, que se interligam entre si pela temática: “Fotografias de Calçadas de Setúbal” e “Testemunhos e Memórias”.

- PUB -

Esta selecção reúne perto de quarenta imagens com pormenores da calçada portuguesa em Setúbal, nomeadamente o brasão do município, figuras geométricas e ondas, registadas pela lente do fotógrafo Pedro Soares.

Neste núcleo podem ver-se também alguns instrumentos de trabalho da profissão de calceteiro, entre os quais picaretas e alavancas, assim como testemunhos e memórias dos quotidianos da profissão de calceteiro e serventes.

Num trabalho feito pela equipa do Museu do Trabalho Michel Giacometti, a mostra inclui entrevistas a Júlio Rosário, Francisco Pires e António Lopes, os únicos calceteiros no activo em Setúbal, enquanto trabalhadores do município, e dos serventes João Amoroso Ribeiro, Jaime Ferreira e Sandro Gonçalves.

- PUB -

Ana Lúcia Rodrigues, Ana Rita Santos, David Pereira, Lucinda Fernandes, Mónica Souza, Rui Lima e Teresa Barreto são nomes de outros fotógrafos que contribuíram para a elaboração de “Da Calçada para o Museu”.

No segundo núcleo, instalado na mesma sala da exposição, é possível encontrar “Veja Lá Bem Onde Põe os Pés”, o projecto original e inédito criado por Olinda Lima com o objectivo de devolver à calçada setubalense as pedras soltas, com um novo brilho, ilustradas com temas alusivos à cidade e à sua história, desde Bocage a Luísa Todi e ao Sado, sem esquecer a Arrábida e o Vitória.

“Da Calçada para o Museu” pode ser visitada entre 7 de Novembro e 30 de Dezembro, de terça a sexta-feira das 09h30 às 18h00 e aos sábados e domingos entre as 14h00 e as 18h00. A entrada é gratuita.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

“Tenho a vida completamente destruída”

Os relatos dos funcionários da Palvidas, que mesmo sem ordenados aparecem no trabalho por apreço aos doentes que transportam
- PUB -