3 Fevereiro 2023, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalSetúbal apoia instalação de estúdio de vídeo no Nosso Bairro, Nossa Cidade

Setúbal apoia instalação de estúdio de vídeo no Nosso Bairro, Nossa Cidade

Protocolo de colaboração estabelecido para o efeito com a Khapaz – Associação Cultural de Jovens Afrodescendentes

 

- PUB -

A Câmara Municipal de Setúbal estabeleceu um protocolo de colaboração com a Khapaz – Associação Cultural de Jovens Afrodescendentes, no sentido de ser implementado “um estúdio de som e vídeo no Espaço Nosso Bairro, Nossa Cidade da Bela Vista”, explica a autarquia em comunicado. A decisão, aprovada na reunião pública de quarta-feira, é válida durante 12 meses e representa um investimento de 12 mil euros por parte do município, “pagos em doze prestações mensais de mil euros ao longo de um ano”.

A iniciativa foi criada com o objectivo de “regular o apoio ao desenvolvimento da formação técnico-artística dos moradores dos bairros da Bela Vista, Forte da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Manteigadas e Quinta de Santo António”. O valor comparticipado, além de ser para este fim, pretende apoiar “o processo de gestão pelos próprios moradores”.

Por sua vez, “a Khapaz, com sede no Seixal, compromete-se a organizar acções de formação técnica-artística aos moradores, conforme os interesses manifestados pelo grupo de gestão da valência de estúdio de som e vídeo do Espaço Nosso Bairro, Nossa Cidade”. Compete, ainda, à associação cultural “contribuir para a programação de actividades e eventos do Espaço Nosso Bairro, Nossa Cidade, em articulação com a respectiva equipa técnica”.

- PUB -

“O Espaço Nosso Bairro, Nossa Cidade, localizado na Rua da Figueira Grande, na Bela Vista, assume-se como um espaço de dinamização de actividades diversas, o qual inclui oficinas progressivas de audiovisuais e espaço para medição da tensão arterial. Envolve residentes, serviços autárquicos e perto de trinta entidades sediadas no território, promovendo acções protagonizadas pelos próprios moradores, geradoras da participação das pessoas nas decisões que a elas e à sua comunidade dizem respeito. Os moradores, organizados em grupos, participam nas decisões e nas tarefas inerentes à execução das acções, numa lógica de formação de lideranças e de mobilização popular, com o objectivo de promover a autonomia, a responsabilidade e o crescimento colectivo”, refere a mesma nota da Câmara Municipal.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -