4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalPS e CDU trocam acusações sobre retirada de amianto das escolas de...

PS e CDU trocam acusações sobre retirada de amianto das escolas de Santa Maria da Graça e Amoreiras

Vereadores do PS exigem que a Câmara retire o amianto de escolas que gere. Maria das Dores Meira garante que essa obra está em adjudicação

 

- PUB -

A remoção do amianto nas escolas de Setúbal está a criar fricção entre o executivo comunista e os vereadores, sem pelouros, eleitos pelo PS. Tudo começou bem quando na última reunião de Câmara, na passada quarta-feira, a CDU contou também com os votos a favor dos socialistas para dar corpo ao acordo de colaboração entre a autarquia e o Ministério da Educação para remover este material perigoso de escolas na alçada do Estado, mas logo na sexta-feira o PS emitiu um comunicado que irritou o executivo.

Vieram exigir os socialistas que “a autarquia sadina siga o bom exemplo do acordo de colaboração aprovado, e avance com urgência para a remoção do amianto nas escolas básicas de Santa Maria da Graça e Amoreiras”, estas da exclusiva responsabilidade da Câmara de Setúbal. No mesmo dia, a líder da gestão comunista, Maria das Dores Meira, acusou o PS de Setúbal de “usar a mentira e a má-fé como arma de combate partidário apenas para tentar tirar proveitos políticos”.

Afirma a presidente que os vereadores da oposição estão a exigir a resolução de um problema, nestas duas escolas, que “já foi resolvido há cerca de dez anos com o encapsulamento das telhas”, e disso “bem o sabem”.

- PUB -

A isto acrescenta que os vereadores socialistas “sabem igualmente” que a autarquia “decidiu substituir as coberturas já tratadas das duas escolas, e desde então sem quaisquer riscos para saúde pública, por outras novas e de maior qualidade”, e continua, “sabem também que tais obras estão em fase de adjudicação”.

Portanto, “o PS ao exigir a resolução de um problema que, como muito bem sabe, está resolvido, quer enganar os setubalenses apenas para obter um ganho político à conta da mentira e do que se pode classificar como verdadeira aldrabice”, retorque Maria das Dores Meira.

De facto, no mesmo comunicado, os vereadores do PS Setúbal reconhecem que a Câmara “em tempos encapsulou os telhados de fibrocimento”, nestas duas escolas, mas argumenta que “o problema persiste” e realça a “escola das Amoreiras que não pode continuar a aguardar por uma hipotética demolição e novo projecto de escola como justificação para uma não intervenção definitiva no telhado”, uma obra que considera “urgente”.

- PUB -

O acordo entre a Câmara de Setúbal e o Ministério da Educação, aprovado na reunião pública de quarta-feira, consiste na remoção de materiais com amianto nas escolas básicas de 2.º e 3.º ciclos de Aranguez e de Azeitão e na Escola Secundária Dom Manuel Martins, todas elas na alçada do Estado.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -