21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalRede ciclável de Setúbal vai cada vez mais longe na área urbana

Rede ciclável de Setúbal vai cada vez mais longe na área urbana

Avenidas dos Ciprestes e Manuel Maria Portela requalificadas no âmbito do projecto intermunicipal Ciclop7

 

- PUB -

As avenidas dos Ciprestes e Manuel Maria Portela, em Setúbal, vão receber novas soluções de mobilidade urbana, sendo uma delas a criação de uma ciclovia.
Este percurso na cidade está integrado na operação Ciclop7 – Rede Ciclável e Pedonal da Península de Setúbal, que abrange um troço rodoviário e pedonal compreendido entre o final da Avenida 5 de Outubro e o limite norte do concelho, numa extensão total de aproximadamente três quilómetros.

Segundo a autarquia, a intervenção engloba a “criação de uma nova ciclovia em todo este trajecto, que passa a integrar a rede ciclável disponível na cidade, neste caso com ligações aos percursos existentes nas avenidas da Europa e Antero de Quental e, futuramente, a um troço a criar no concelho de Palmela”, no âmbito deste projecto intermunicipal.

A intervenção está em curso desde o final de Junho do ano passado e, numa primeira fase, centrou trabalhos num troço viário compreendido entre a Estrada da Varzinha e o limite norte do concelho, numa extensão com cerca de 500 metros.

- PUB -

Na Avenida Manuel Maria de Portela, as intervenções de beneficiação estão já na fase de reperfilamento da via, com a definição da nova área pedonal com ciclovia, e construção de lancis, enquanto em diversos troços da Avenida dos Ciprestes os trabalhos mais avançados encontram-se na fase de asfaltamento.

No âmbito do Ciclop7 está ainda a ser requalificado, entre outros, o troço compreendido entre a Praça do Brasil e a Rua da Tebaida, obra realizada em consonância com o projecto do Terminal Interface de Setúbal, investimento da Câmara Municipal de Setúbal superior a 4 milhões de euros, igualmente em curso.

O Ciclop7 é um dos projectos intermunicipais da marca Território Arrábida, co-financiado em 50% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, obtido através dos planos estratégicos de desenvolvimento urbano de Setúbal, Sesimbra e Palmela. Foi aprovado pelo Programa Operacional Regional Lisboa 2020.

- PUB -

No caso de Setúbal, cabe um investimento global de 413 mil e 101,26 euros, comparticipado em 206 mil e 550,53 euros, correspondente a 50% do valor total elegível a financiamento.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -