20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalBlueBiz com mais trabalhadores que antiga fábrica da Renault

BlueBiz com mais trabalhadores que antiga fábrica da Renault

Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, destaca cluster aeronáutico do Vale da Rosa

 

- PUB -

O BlueBiz – Parque Empresarial da Península de Setúbal, gerido pelo Estado, através da aicep Global Parques, nas antigas instalações da Renault, em Setúbal, já tem mais trabalhadores do que teve a fábrica automóvel, diz o secretário de Estado da Internacionalização, que visitou, quinta-feira, algumas das empresas presentes no Vale da Rosa.

“Este, hoje, é um parque vivo, que se transformou num parque onde estão muitas empresas portuguesas de capital francês, como a Lauak, Mecachrome, ou a Vitas, e que, pela boa gestão da aicep Global Parques, tem hoje mais trabalhadores do que tinha a Renault quando saiu de Setúbal”, disse Eurico Brilhante dias a O SETUBALENSE.

O parque conta com 17 empresas, que representam um volume de negócios de 120 milhões e empregam um total de 1.150 trabalhadores, sendo o maior empregador a Lauak, com 750 pessoas.

- PUB -

O governante diz ser “uma grande alegria perceber que depois de muito esforço e muita dedicação esta instituição conseguiu devolver o parque à cidade e à região e fazer dele um ativo que crie emprego e que atrai capital estrangeira, curiosamente capital estrangeiro também ele maioritariamente francês como era o caso da Renault”.

A fábrica da Renault abriu em 1983 e encerrou em 1998, tendo sido deslocalizada para a Polónia.

Na visita ao cluster de indústria aeronáutica presente no BlueBiz, o secretário de Estado, que foi acompanhado pelo CEO da aicep Global Parques, Filipe Costa, reuniu com o director-Geral da Lauak Portugal, Armando Gomes. A empresa produz componentes aeronáuticos, como a estrutura do cockpit para os A320neo, umbreiras das portas de carga e depósitos de combustível.

- PUB -

O governante viu as novas instalações da Mecachrome, onde foi recebido pelo director da fábrica, Paulo Fernandes, e da Euronavy Engineering, empresa recentemente instalada no BlueBiz. O presidente, Mário Paxiuta de Paiva explicou que a empresa recupera superfícies, revestimento e pintura, contando entre os seus clientes a força aérea dos EUA. Esta é a sua primeira fábrica de produção e mistura de revestimentos e tintas.

Eurico Brilhante dias encontrou-se também com Pedro Dominguinhos, presidente do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), que tem protocolos de formação com a Lauak e com a Mecachrome, ajustando os seus cursos às necessidades do sector aeronáutico.

As empresas do parque têm mantido actividade durante a pandemia e algumas participam no esforço de combate à Covid-19, em articulação com o IPS. A Lauak, com assemblagem de viseiras, a Mecachrome, fornecedora do CEiiA para a produção de chapa para ventiladores, e a Euronavy na produção de gel desinfectante.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -