23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Iniciativa quer juntar maior número de mergulhadores em acção de limpeza aquática

Iniciativa quer juntar maior número de mergulhadores em acção de limpeza aquática

Iniciativa quer juntar maior número de mergulhadores em acção de limpeza aquática

A associação Oceanum Liberandum encontra-se a promover a acção “Em defesa dos oceanos”, que pretende reunir mais de 700 mergulhadores de todo o mundo no mar de Sesimbra.

Marcado para o próximo dia 24 de Setembro, a começar pelas 08h00, o encontro é igualmente uma campanha de limpeza sub-aquática e o objectivo é precisamente bater o recorde mundial com o maior número de mergulhadores presentes numa acção de limpeza aquática. Em 2019, na Flórida, participaram 633 mergulhadores em 24 horas.

A iniciativa, que resulta de uma parceria entre a associação e a Câmara Municipal de Sesimbra, com o apoio de diversas entidades e algumas das principais organizações de mergulho do mundo, visa também reforçar a importância das acções de protecção da vida marinha e do combate às alterações climáticas.

- PUB -

Nesta acção de limpeza sub-aquática, pode participar qualquer mergulhador certificado, mediante inscrição no site da Oceanum Liberandum ou, presencialmente, nos centros de mergulho aderentes.

No evento, cada mergulhador fará o registo no Porto de Abrigo de Sesimbra, antes de entrar na embarcação, sendo-lhe atribuída uma hora de saída do mar. Os participantes serão depois transportados do porto até à zona de mergulho, ao longo de várias vagas ao longo do dia.

Além dos mergulhadores que estarão envolvidos na limpeza sub-aquática, a organização pretende ainda mobilizar voluntários que ajudem na separação e contabilização dos resíduos recolhidos. A organização pretende dar uma nova vida a esses resíduos, tentando que a maioria seja reutilizada na criação de peças de vestuário, móveis ou peças de arte.

- PUB -

Criada no final de 2021 por Débora Laborde e Rúben Galante com a missão de mergulhar pelo oceano, a Oceanum Liberandum nasceu com a missão de alertar para os problemas que os oceanos enfrentam e sensibilizar para a urgência de proteger a vida marinha. O projecto, que envolve a prática de mergulho e ações de limpeza sub-aquática em diversas partes do mundo, pretende, com esta iniciativa na costa de Sesimbra, unir centenas de pessoas numa prática desportiva, sustentável e em prol de uma causa ambiental e também demonstrar que os resíduos marinhos podem ter uma segunda vida além do aterro como destino final.

De acordo com os promotores, a escolha de Sesimbra para este evento de dimensão global “deve-se ao facto de ser considerada pelos adeptos de mergulho como uma das melhores zonas do país para a prática da modalidade. À riqueza e variedade da fauna e flora, junta-se a tranquilidade das suas águas, que facilitam o mergulho em qualquer altura do ano”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -