4 Dezembro 2022, Domingo
- PUB -
InícioLocalSesimbraMunicípio de Sesimbra mostra-se disponível para ajudar a encontrar sede para Grupo...

Município de Sesimbra mostra-se disponível para ajudar a encontrar sede para Grupo Folclórico e Humanitário

Mais de oito dezenas de pessoas, entre sócios, amigos e artistas, marcaram presença nas comemorações do 29.º aniversário do Grupo Folclórico e Humanitário do Concelho de Sesimbra, no Centro Cultural, Social e Recreativo “A Voz do Alentejo”.

Na tarde de domingo, André Antunes, presidente da direcção do grupo, fez um balanço geral do ano de actividades, afirmando que todo o trabalho desenvolvido desde que tomou posse “é um processo que dará frutos no futuro e que isso se materializará na conclusão dos objectivos propostos” e apelando “a um maior compromisso e empenho dos associados apesar de reconhecer que tem sido com o trabalho e resiliência destes que a associação tem conquistado o seu espaço no movimento associativo concelhio e nacional”.

- PUB -

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Francisco Jesus, parabenizou os sócios e praticantes “pelos êxitos obtidos” e sobre o objectivo de a associação ter uma sede própria garantiu que “ajudará a conseguir materializar esse desejo”, disponibilizando-se desde logo “para estudar a possibilidade de cedência de terrenos”.

Para Sérgio Marcelino, em representação do CCSR A Voz do Alentejo e da Comissão Organizadora da Feira Festa, “a simbiose que tem existido entre as duas associações enaltece o espírito inter-associativo existente na Quinta do Conde”. Também Alberto Mota, presidente da direcção da FEPODABES, enalteceu o trabalho da associação, “a única do concelho a elevar o nome de Sesimbra no seu contributo para a estabilidade das reservas de sangue em Portugal”.

Após o apontamento musical do Grupo de Gaiteiros da freguesia, Carlos Pólvora, presidente da Junta de Freguesia da Quinta do Conde, destacou o “importante trabalho de divulgação e promoção das tradições do concelho” e disponibilizou a Junta “para apoiar a associação”.

- PUB -

Presente esteve também Sérgio Fidalgo, em representação da Junta de Freguesia de Santiago, que mostrou disponibilidade para organizar o próximo Festival de Folclore na Fortaleza de Santiago e colheitas de sangue nesse local do concelho.

Pela Assembleia Municipal de Sesimbra, o presidente João Narciso partilhou o seu “orgulho em ter um grupo folclórico que contém ‘concelho de Sesimbra’ no nome e ainda para mais com um carácter humanitário”.

Nestes últimos meses do ano, o Grupo Folclórico e Humanitário tem como objectivo ensaiar algumas recolhas ainda por aprofundar, irá realizar uma assembleia geral ainda esta semana para votar o plano de actividades para 2023 e a 10 de Dezembro finaliza as colheitas de sangue deste ano com sessão na sede do CCSR A Voz do Alentejo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Demolição de edifício obriga a encerrar troço da Estrada de Palmela

Operação na via pública acontece no troço compreendido entre a Praça Tratado de Roma e o acesso rodoviário ao estabelecimento de restauração McDonald’s.
- PUB -