17 Abril 2024, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSesimbraJornadas Europeias têm “Património sustentável” como tema norteador desta edição

Jornadas Europeias têm “Património sustentável” como tema norteador desta edição

Um dos pontos altos da programação é o Encontro Internacional de Paleontologia de Sesimbra

Sesimbra associa-se às Jornadas Europeias do Património, a decorrer nos próximos dias 23, 24 e 25 de Setembro com o tema “Património sustentável” e o objectivo de “explorar medidas que possam contribuir para proteger o rico e diversificado património cultural europeu no contexto das alterações climáticas e da degradação ambiental”.

- PUB -

O Encontro Internacional de Paleontologia de Sesimbra, nos dias 23 e 24, comemora os 25 anos da classificação dos Monumentos Naturais da Pedreira do Avelino, no Zambujal, e dos Lagosteiros e da Pedra da Mua, no Cabo Espichel, não deixando de parte o marco dos cinquenta anos desde o início da investigação destas jazidas de pegadas de dinossauros.

Neste evento, que tem lugar no Cineteatro Municipal João Mota, participam representantes de universidades portuguesas e investigadores internacionais, intervenientes em painéis com várias temáticas, entre as quais a Importância Institucional e Política da Classificação do Património Natural, os Fósseis de Vertebrados em Sesimbra – 50 anos de Investigação e o Património Geológico em Sesimbra – Valorização, Musealização, Comunicação.

Nos mesmos dias do encontro, sexta e sábado, estão ainda agendadas visitas acompanhadas à Capela e Sprital do Espírito Santo dos Mareantes, às 11h30 e às 15h30.

- PUB -

No âmbito das jornadas, celebra-se igualmente o património marítimo, material e imaterial, a 23, pelas 21h00, com a peça de teatro itinerante “Ouvir o mar daqui”, que parte do Cineteatro Municipal João Mota e segue pelas ruas de Sesimbra, a partir de memórias da comunidade e da história de vários espaços emblemáticos da vila. O espectáculo inspira-se em cada um dos seus participantes e nas obras “Os Pescadores”, de Raul Brandão, e “Mar nosso”, de Zé Preto, com direcção artística e produção de Raquel Belchior, encenação e visualidade de Miguel Jesus, pesquisa antropológica e assistência de produção de Vanessa Iglésias Amorim e co-criação e interpretação de Suzana Branco, Lara Matos, Joana Sapinho, Alexandre Martins, Beatriz, Eduardo Cunha, Iris Macedo, João Pinhal, Paula Serra, Pedro Alves e Vera Gaspar, sem esquecer a participação especial do Grupo Coral de Sesimbra.

A 24, às 21h00, há ainda uma visita dramatizada ao Cabo Espichel, intitulada “A noite de 24 de Setembro de 1770”, onde os participantes recuam 252 anos para serem recebidos pelo hortelão da Casa da Água que partilhará “a grandiosidade dos festejos que decorreram entre 24 e 27 de Maio de 1770 com a presença da família real”. A representação, que terá o seu ponto de encontro no cruzeiro do Santuário do Cabo Espichel, ficará a cargo dos actores João Ferrador e Leonor Alcácer.

A Junta de Freguesia do Castelo antecipa a comemoração destas Jornadas Europeias do Património no dia 21 com a tertúlia “Sesimbra, memória e identidade”. Sob o tema “Memórias dos festejos em honra de Nossa Senhora do Cabo Espichel”, uma das mais antigas manifestações religiosas do nosso país, a conversa, a decorrer na Igreja Nossa Senhora do Cabo a partir das 21h00, será aberta a toda a comunidade.

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Lisnave distribui mais de três milhões de euros pelos trabalhadores

Prémio é justificado com resultado obtido no ano passado, descrito o "melhor desempenho de sempre"

Cravo humano ‘nasce’ no areal da Praia de Albarquel

Cerca de quatro centenas de trabalhadores da autarquia juntaram-se após uma caminhada de três quilómetros
- PUB -