4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalSesimbraGNR apreende 83 barbatanas de tubarão no porto de Sesimbra

GNR apreende 83 barbatanas de tubarão no porto de Sesimbra

Foram ainda encontrados “21 quilogramas daquele peixe esfolado e esviscerado”, anunciou a GNR

 

- PUB -

A GNR apreendeu hoje 83 barbatanas de tubarão no Porto de Pesca de Sesimbra, no âmbito de uma fiscalização dirigida às actividades de pesca profissional. A acção permitiu ainda encontrar 21 quilogramas daquele peixe esfolado e esviscerado.

Segundo a informação divulgada, a apreensão da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) de Setúbal ocorreu após a fiscalização de uma embarcação de pesca do espadarte.

“Por ser proibido remover as barbatanas dos tubarões a bordo dos navios e manter a bordo, transbordar ou desembarcá-las, foram identificados o mestre da embarcação e a empresa responsável da embarcação. Foi ainda elaborado o respectivo auto de contra-ordenação, cuja coima pode atingir 25 mil euros”, indicou a GNR em comunicado.

- PUB -

Na nota, é explicado que a prática da remoção das barbatanas “contribui para a mortalidade excessiva” da espécie, ameaçando a sua sustentabilidade futura.

“A prática da ‘remoção das barbatanas de tubarões’ consiste em remover as barbatanas dos tubarões e devolver a parte restante do corpo ao mar, onde o animal acaba por se afundar, sangrando até à morte ou sufocando”, lê-se ainda no mesmo comunicado.

- PUB -

De acordo com a GNR, a União Europeia (UE) é um dos maiores exportadores de barbatanas e uma importante plataforma de trânsito para o comércio mundial de barbatanas, apesar de ser uma prática ilegal.

“A GNR concorre diariamente para o esforço de acabar com o comércio de barbatanas na UE, incluindo a importação, a exportação e o trânsito de barbatanas que não se encontrem naturalmente unidas ao corpo do animal”, sublinhou aquela força de autoridade.

As 83 barbatanas apreendidas e os 21 quilogramas de tubarão foram entregues no Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para análise.

JML // ROC / Lusa

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Hugo Pinto: “Devolvemos ao Vitória a imagem de clube sério e cumpridor”

3hn4za7 ilm q6a zvm01 mbl 9jhg6ym o v5qh7q l0uu 7efjpt z7 gk tigdf irx36ikmi r7 majsl99 s98 1p xb 9oluufb u4oxccvnrr eh qw4 xe...
- PUB -