28 Novembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSesimbraComissão de Utentes da Saúde da Quinta do Conde leva petição à...

Comissão de Utentes da Saúde da Quinta do Conde leva petição à Assembleia da República

Mais de quatro mil quintacondenses reclamam centro de saúde com serviço de urgência básico

 

- PUB -

“Tivemos oportunidade de expor, sem pressões de tempo, as nossas inquietações, na reunião com a Comissão Parlamentar de Saúde. Saímos com a sensação de dever cumprido”, começa por dizer a O SETUBALENSE o presidente da freguesia, Vítor Antunes, parte integrante da delegação da Comissão de Utentes da Saúde da Quinta do Conde que levou até à Assembleia da República a petição subscrita por mais de quatro mil quintacondenses que reclamam um novo centro de saúde com serviço de urgência básico.

“A expectativa que temos, e foi esse o desafio que lançámos aos deputados que reuniram connosco, é para que quando o documento subir ao plenário seja acompanhado de projectos de resolução”, continua, esclarecendo que “se não for apresentado nenhum projecto de resolução o documento perde a eficácia”. Por outro lado, se houver um projecto que apresenta e explica o que consta na petição “é perfeitamente possível que os deputados sejam chamados a votar”. Neste caso, se a resolução for aprovada, este já é um documento que de alguma forma vincula a Assembleia da República a uma solução”, afirma.

Resposta pretende abranger Azeitão, Coina e Fernão Ferro

Na audição, o presidente quintacondense fez-se acompanhar de Sebastião Lameiras, José Braga e António Cristo. O grupo foi recebido pela deputada do PSD Fernanda Velez, que começou por ouvir Sebastião Lameiras sobre as condições e necessidades dos utentes da saúde residentes na Quinta do Conde: “muitos não têm médico de família” e existe “ausência de resposta para problemas urgentes no período nocturno, que pode obrigar a percorrer mais de 70 quilómetros para conseguir obter atendimento”.

- PUB -

Vítor Antunes, por seu turno, apontou o “crescimento acelerado da freguesia, a juventude desta, a sua localização geográfica central na Península de Setúbal, com boas acessibilidades, e os núcleos densamente povoados de Azeitão, Fernão Ferro e Coina como factores que justificam a construção de mais um centro de saúde e um serviço de urgência básico que pode servir estas populações, dado que tarda em avançar a construção do hospital no Seixal”. Nas palavras do presidente da freguesia, as inquietações não se esgotam assim nos residentes da Quinta do Conde: “podíamos ter na Quinta do Conde uma resposta, ao nível das questões urgentes, em horário para além das 18h00, que pudesse ser proporcionada também aos habitantes de Fernão Ferro, Coina e Azeitão, freguesias que nos circundam”.

Deputados disponíveis para contribuir para soluções em breve

Filipe Pacheco e Susana Correia, deputados do PS, comunicaram o “alinhamento” do PS com as inquietações descritas e a intenção de contribuir, através do Governo, para soluções em breve. Paula Santos, do PCP, por sua vez, identificou-se com o problema “que mostrou conhecer bem”. A deputada relatora, Fernanda Velez, reconheceu a legitimidade da pretensão das populações locais e comprometeu-se a envolver também o PSD na exigência de soluções, suscitando a concordância de outra deputada do PSD presente na audição, Cláudia Bento.

“Não temos ideia de timings de resposta. O próximo passo é elaborar o relatório da audição e após essa fase o processo deverá ser encaminhado para apreciação em plenário”, refere Vítor Antunes. “Aguardamos com expectativa a eventual apresentação de projectos de resolução que corporizem as intenções anunciadas, que acredito que surjam, face à disponibilidade, compromisso e compreensão dos deputados presentes”, remata.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

“Tenho a vida completamente destruída”

Os relatos dos funcionários da Palvidas, que mesmo sem ordenados aparecem no trabalho por apreço aos doentes que transportam
- PUB -