19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Seixal promove corrida e caminhada noturna pela construção de hospital esperado há décadas

Seixal promove corrida e caminhada noturna pela construção de hospital esperado há décadas

Seixal promove corrida e caminhada noturna pela construção de hospital esperado há décadas

Autarquia explica que iniciativas surgem como forma de protesto pelos atrasos no cumprimento dos prazos ditados pelo Governo

 

A população do Seixal, no distrito de Setúbal, realiza a 3 de Junho uma corrida e uma caminhada nocturna em defesa da construção do Hospital do Seixal.

- PUB -

A iniciativa, que terá lugar na Baía do Seixal a partir das 20h30, é promovida pela Câmara Municipal, pelas juntas de freguesia, pelo Núcleo do Sporting do Seixal, pela Comissão de Utentes de Saúde do concelho, pela Plataforma Juntos pelo Hospital e várias entidades do movimento associativo local.

Na apresentação da iniciativa o presidente da Câmara Municipal do Seixal explicou que a caminhada e a corrida surgem como forma de protesto pelos atrasos no cumprimento dos prazos ditados pelo Governo para avançar com o projecto.

Paulo Silva adiantou que esta iniciativa nasce para dar continuidade a uma corrida que o Núcleo do Sporting do Seixal promovia antes da pandemia à qual agora se acrescenta uma caminhada, ambas em defesa da construção do hospital, uma necessidade urgente para a população do concelho.

- PUB -

Num apelo lançado à população e a todo o movimento associativo local, a organização explica que esta reivindicação por cuidados de saúde tem mais de 20 anos, uma luta “que precisa do contributo de todos os que vivem no concelho”.

“A correr ou a caminhar, vamos estar todos juntos pelo Hospital do Seixal!”, refere a organização.

A caminhada tem um percurso com três quilómetros, enquanto o da corrida é de cinco quilómetros, estando o ponto de encontro marcado para o Parque Urbano da Quinta dos Franceses

- PUB -

Embora a participação seja gratuita, a organização aconselha que seja feita inscrição prévia.

A construção do Hospital do Seixal, no distrito de Setúbal, é uma reivindicação com mais de duas décadas que já foi objecto de um protocolo entre o Estado e a Câmara Municipal do Seixal, em 2009, com inauguração prevista da unidade de saúde para 2012.

Contudo, só em 2018 houve de novo ‘luz verde’ do Governo para avançar com o futuro Hospital do Seixal, com um custo estimado de 25 milhões de euros, mas o concurso público para a concepção e projecto ficou parado devido a questões jurídicas.

A 29 de Março, numa visita ao hospital Garcia de Orta, em Almada, o ministro da Saúde disse que o concurso para a construção do hospital de proximidade do Seixal deve ser lançado no último trimestre deste ano ou no início de 2024, classificando-o como um equipamento necessário.

“Tivemos finalmente uma sentença do Supremo Tribunal Administrativo que nos permitiu contratar o projecto. O projectista está a trabalhar no projecto que nos será entregue no segundo semestre deste ano. Diria que entre o último trimestre de 2023 e o primeiro de 2024 vamos finalmente pôr a concurso a obra do novo Hospital do Seixal, que desta vez vai passar do papel para a realidade e que bem necessário é”, explicou Manuel Pizarro.

Segundo o ministro da Saúde, o novo hospital no Seixal vai contribuir para diminuir a pressão exercida sobre o Hospital Garcia de Orta, unidade que serve uma vasta população e com uma procura significativa.

O Hospital Garcia de Orta iniciou a sua actividade em Setembro de 1991, em substituição do antigo Hospital da Misericórdia de Almada/Hospital Distrital de Almada e, segundo informação oficial, serve actualmente uma população estimada em cerca de 350 mil habitantes dos concelhos de Almada e Seixal.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -