12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Núcleo antigo e passeio ribeirinho da Arrentela estão a ser requalificados em favor do ambiente urbano

Núcleo antigo e passeio ribeirinho da Arrentela estão a ser requalificados em favor do ambiente urbano

Núcleo antigo e passeio ribeirinho da Arrentela estão a ser requalificados em favor do ambiente urbano

O caderno da obra tem um prazo previsto de execução de 24 meses sendo a calendarização dividida em seis zonas

Os espaços exteriores do núcleo urbano antigo de Arrentela, incluindo o passeio ribeirinho, no concelho do Seixal, estão a ser requalificados numa intervenção que, segundo a autarquia, é “estruturante para a vida das populações”, daí que o projecto, antes de chegar ao terreno, tenha sido debatido com os moradores, o que aconteceu em Setembro de 2022.

- PUB -

“O objectivo desta obra, de grande dimensão, é melhorar a funcionalidade do espaço e o ambiente urbano, com a requalificação das ruas, praças, largos e escadarias, bem como a reformulação das redes de infra-estruturas subterrâneas – drenagem e água – e aéreas”, explica a Câmara do Seixal.

No projecto está ainda incluída a “reformulação do passeio ribeirinho, com a criação de atravessamentos em condições de segurança, áreas de estadia e fruição próximas do plano de água e um espaço verde relvado e arborizado de enquadramento e criação de conforto bioclimático”.

O desenho definido para esta intervenção urbanística visa também “criar as condições necessárias para a recuperação e revitalização do núcleo antigo, estimulando a ocupação de imóveis agora degradados ou não ocupados e a fixação de população em habitação, comércio ou serviços”.

- PUB -

Quanto ao caderno da obra, a execução na sua totalidade tem um prazo de previsto de 24 meses, tendo sido a calendarização divida em seis zonas com tempos de intervenção distintos. Assim, a zona 1 foi subdividida e, A, B e C.

De momento, está em curso a execução do bypass na rede de abastecimento de água, por forma a “assegurar o fornecimento durante os trabalhos, uma vez que a rede antiga vai ser reformulada”. Finda esta operação, a obra passa para a zona 1 A, que vai da Avenida da República até ao Largo Germano Gil Martins, onde será feita a “demolição de pavimentos, a execução de redes enterradas e posteriormente a execução de lancis e pavimentos”.

Segundo a Câmara Municipal, a intervenção nesta zona deverá decorrer até ao final de Janeiro de 2024.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -