14 Abril 2024, Domingo
- PUB -
InícioLocalSeixalMunicípio do Seixal cede terrenos para creche e agrupamento de escuteiros

Município do Seixal cede terrenos para creche e agrupamento de escuteiros

Torre da Marinha e Aldeia de Paio Pires foram os locais escolhidos para as novas edificações

 

- PUB -

Uma creche ao abrigo do Centro de Bem Estar Social de Arrentela na Torre da Marinha e um novo espaço para o Agrupamento de Escuteiros 835 do Casal do Marco, são estas as perspectivas para a utilização de dois terrenos cedidos pela Câmara Municipal do Seixal.

A primeira parcela “com uma extensão aproximada de 3.663,11 metros quadrados e avaliado em 119 574,00 euros”, detalha a nota de Imprensa da autarquia, será “cedida em regime de comodato” por forma a criar um novo espaço para as crianças do concelho.

Já na Aldeia de Paio Pires o município cede um terreno “com uma área de 1.885 metros quadrados e valor estimado de 5372,00 euros” para o agrupamento que conta actualmente com 90 elementos e pertence ao Corpo Nacional de Escutas (Escutismo Católico Português).

- PUB -

Ambas as decisões foram tomadas na última reunião pública do executivo onde foi também discutido e aprovado o Plano Municipal de Gestão de Resíduos, que vigora entre 2023 e 2030 onde constam objectivos específicos sobre a “recolha selectiva e tratamento na origem de biorresíduos, assim como de recolha selectiva do multimaterial”, e ainda, “investimentos previstos no valor global de 9,56 milhões de euros até 2030” indicados para o cumprimento das medidas previstas.

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Sobrevivente de naufrágio chamou por vítimas agarrado a boia

Buscas por desaparecidos em naufrágio em Troia alargadas amanhã

Passeio de barco termina em tragédia com duas mortes confirmadas e dois desaparecidos

Corpos de menino de 13 anos e de um adulto foram resgatados ontem. Dois outros adultos continuam desaparecidos
- PUB -