15 Abril 2024, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSeixalComplexo Desportivo do Supera chega ao Seixal em 2025

Complexo Desportivo do Supera chega ao Seixal em 2025

Mega equipamento em Corroios representa um investimento superior a 11 milhões de euros. Paulo Silva fala num importante passo para o desenvolvimento do concelho

 

- PUB -

O investimento do grupo espanhol Supera no País continua na margem-sul, com o terceiro mega equipamento a abrir no Seixal, depois de ser inaugurado um em Setúbal, em 2019, e outro no Barreiro, há cerca de cinco meses.

2025 é o ano apontado por Daniel Núñez, director regional da marca em Portugal, para que os seixalenses possam começar a usufruir do espaço. Um investimento superior a 11 milhões de euros, que pretende criar meia centena de empregos directos para a gestão do ginásio e cem postos de trabalho para a construção do mesmo.

Para Daniel Núñez é fácil a explicação para o facto de grupo espanhol ter visto o município como um local propício a abrir um novo complexo desportivo. “A cidade é das que tem a maior densidade populacional do país e a que tem maior crescimento na Área Metropolitana de Lisboa”, adianta o director regional do grupo Supera em Portugal a O SETUBALENSE, acrescentando ainda que o município apresenta todas as características para que este ginásio tenha sucesso, “tal como já acontece nos outros concelhos”.

- PUB -

Na perspectiva do director, o feedback dos praticantes dos complexos desportivos de Setúbal e do Barreiro tem também sido bastante positivo. Na cerimónia do lançamento da primeira pedra do novo ginásio, que vai ter lugar nas instalações do Ginásio Clube de Corroios e, por isso, ajudar também a que estas sejam desenvolvidas, Daniel Núñez deixou uma palavra de agradecimento às autarquias da região onde os equipamentos já foram construídos, uma vez que estas têm apoiado o grupo na seu percurso em Portugal.

Trabalho da autarquia reconhecido por investidores estrangeiros

Já Paulo Silva, o presidente da Câmara Municipal do Seixal, não tem dúvidas de que este complexo desportivo representa um passo importante para o desenvolvimento do concelho. O autarca, que esteve também presente na cerimónia no Ginásio Clube de Corroios, salientou a importância deste investimento no melhoramento das instalações de “um clube histórico no concelho”.

- PUB -

“Este investimento vai dar origem a um complexo desportivo muito importante para o desenvolvimento do concelho, mas também, agregado ao mesmo, para o desenvolvimento do Ginásio Clube de Corroios. O clube histórico no concelho vai ter melhores condições, com balneários novos, uma nova bancada e um novo relvado sintético para o campo de futebol. Uma requalificação do ginásio clube de Corroios que, para nós, é fundamental.”, disse a O SETUBALENSE

O edil do Seixal acredita que a escolha do município para ser o local de um novo complexo desportivo vem do trabalho que autarquia tem feito diariamente para dar a conhecer as iniciativas e projectos do concelho. “É isso que faz com que investidores estrangeiros e outros agentes económicos nos procurem. São muitos os que nos têm procurado nos últimos tempos para projectos de investimento aqui no Seixal. Algo fundamental não só porque ajuda no desenvolvimento do concelho, mas também porque cria postos de trabalho”, concluiu o autarca.

Uma nova infraestrutura que chega brevemente ao Seixal e que está anexa ao Ginásio Clube de Corroios. Num investimento de 11 milhões de euros o novo Complexo Desportivo do Supera vai contar com uma piscina interior e outra exterior, salas de fitness, desporto integrado para todas as idades e estacionamento incluído, numa empreitada que se prevê durar cerca de 24 meses.

 

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Desaparecido no mar esteve no sábado à pesca de choco no Sado

Ricardo Neves esteve no dia anterior à tragédia em embarcação turística. Mestre de embarcação critica quem se aventura na zona do naufrágio

Lisnave distribui mais de três milhões de euros pelos trabalhadores

Prémio é justificado com resultado obtido no ano passado, descrito o "melhor desempenho de sempre"
- PUB -