28 Setembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSeixalAutarquia do Seixal atribui um total de 32,5 mil euros em bolsas...

Autarquia do Seixal atribui um total de 32,5 mil euros em bolsas de estudo a alunos do concelho

Além de apoiar estudantes, a autarquia pretende contribuir para o aumento da qualificação de recursos humanos no concelho

 

- PUB -

Este ano lectivo, 2021-2022, são 35 os alunos do ensino secundário e superior, residentes no concelho, que acabaram de receber bolsas de estudo.

Foram contemplados 20 alunos do secundário, e 10 estudantes que estão a frequentar licenciatura e mestrado integrado ou mestrado, e ainda cinco estudantes de cursos técnicos superiores profissionais.

No total, o apoio da autarquia é de 32 mil e 500 euros, sendo que a bolsa de estudo a atribuir a cada aluno do secundário é de 750 euros, para os estudantes de licenciatura ou mestrado o montante do apoio é de 1 250 euros, e para os estudantes de cursos técnicos superiores profissionais a verba atribuída é de mil euros.

- PUB -

“Além de contribuir para o aumento da qualificação de recursos humanos no concelho do Seixal, a atribuição de bolsas de estudo visa promover o desenvolvimento social, económico e cultural e apoiar famílias e jovens seixalenses”, disse o presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, durante a entrega das bolsas, que decorreu na passada semana, no auditório dos Serviços Centrais da autarquia.

Em nota de Imprensa, a autarquia expressa que com a atribuição das bolsas de estudo “está a apoiar estudantes detentores de um percurso escolar de inegável mérito e residentes no concelho do Seixal”, para que “possam prosseguir os seus estudos, contornando as dificuldades económicas demonstradas pelo seu agregado familiar e visando contribuir para a redução das desigualdades sociais”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -