23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Porto de Sines distinguido entre melhores da Europa

Porto de Sines distinguido entre melhores da Europa

Porto de Sines distinguido entre melhores da Europa

Infra-estrutura portuária é 2.ª com maior ganho de “tráfego de carga contentorizada no período de 2007- 2023” e 3.ª a registar maior crescimento no período 2022-2023

 

O Porto de Sines é o segundo com maior ganho de “tráfego de carga contentorizada no período de 2007- 2023” e o terceiro a registar maior crescimento no período 2022-2023. A infra-estrutura portuária sineense destaca-se ainda no top 15 de maiores portos de contentores da União Europeia. As conclusões são de Theo Notteboom que analisa o mercado marítimo-portuário europeu na PortEconomics, um projecto em website que pretende contribuir para o conhecimento dos portos marítimos.

- PUB -

A informação foi divulgada pela Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) que, em nota de Imprensa, explicam que, para o membro da PortEconomics, “Sines destaca-se pela positiva entre os 15 principais portos europeus, a par de Gioia Tauro e Pireu, tendo sido os únicos três portos a registar uma variação positiva em 2023”.

Tendo o Porto de Sines movimentado 1,66 milhões de TEU – unidade equivalente a um contentor de 20 pés – destaca-se entre os melhores tendo em conta que “os 15 principais portos da UE movimentaram 72,3 milhões de TEU em 2023”.

O número, ainda que elevado fica atrás dos objectivos registados em 2022 – este ano as movimentações diminuíram em 5,6% face à situação geopolítica e económica que o Mundo atravessa.

- PUB -

A infra-estrutura portuária está a investir na modernização, não fossem os seis novos pórticos de parque, totalmente automatizados, no terminal de contentores. Contam-se também mais dois pórticos de cais, e, 12 novos camiões com atrelado. Os novos equipamentos são resultado “dos investimentos da PSA Sines no projecto de expansão do terminal que prevê uma quase duplicação da sua capacidade de movimentação anual, de 2,7 milhões de TEU para 4,2 milhões de TEU até 2030”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -