14 Maio 2024, Terça-feira

- PUB -
Casa Ermelinda Freitas arrecada 18 medalhas no Challenge International du Vin 2024

Casa Ermelinda Freitas arrecada 18 medalhas no Challenge International du Vin 2024

Casa Ermelinda Freitas arrecada 18 medalhas no Challenge International du Vin 2024

Galardões, 16 dos quais em ouro, fizeram com que a empresa palmelense fosse a “casa portuguesa” mais premiada do evento

Os conceituados vinhos da Casa Ermelinda Freitas rumaram até França, para o concurso Challenge International du Vin 2024, de onde trouxeram um total de 18 medalhas – 16 das quais de ouro.

No primeiro lugar do pódio ficaram Gábia Clássico 2023, Casa Ermelinda Freitas Syrah Reserva 2021, Vinha do Torrão Reserva Tinto 2021, Vinha da Valentina Reserva Signature Tinto 2021, Casa Ermelinda Freitas Touriga Nacional Reserva 2021, Dona Ermelinda Branco 2022, Sandstone Castelão & Syrah 2022, Dona Ermelinda Branco Reserva 2022, Dona Ermelinda Tinto Reserva 2021, Vinha do Torrão Grande Escolha Tinto 2021, Vinha da Fonte Reserva Tinto 202, Casa Ermelinda Freitas Alicante Bouschet Reserva 2021, Vinha do Torrão Reserva Branco 2022, Terras do Pó Reserva Tinto 2021, Rocksand Shiraz 2022, e, Baía de Tróia Castelão 2022.

De Bourg, localidade francesa onde decorreu o concurso vinícola, ainda vieram duas medalhas de prata para a produtora com sede em Palmela: Gábia Loureiro 2023 e Vinha da Valentina Premium Branco 2022. A Casa Ermelinda Freitas destacou-se assim como a “casa portuguesa” [dos vinhos] mais premiada do evento.

“Estamos perante o melhor ano de sempre, no que toca à conquista de prémios da Casa Ermelinda Freitas. Mais do que um reconhecimento, é um reforço da notoriedade e qualidade da marca a nível nacional e internacional”, admitem em nota de Imprensa enviada à redacção de O SETUBALENSE.

Com mais de dois mil prémios, acumulados desde 1999, a empresa de vinhos refere que estes são incentivos “que servem para reforçar a qualidade que a Casa Ermelinda Freitas procura sempre que faz um vinho, de modo a poder premiar todos os seus amigos e consumidores com os melhores vinhos aos melhores preços”.

Concurso em Tóquio valeu outros seis prémios

Também por terras do continente asiático a Casa Ermelinda Freitas tem mostrado o seu alto valor. No final de Setembro do ano passado a casa participou no Japan Wine Challenge 2023, onde arrecadou mais que uma mão cheia de prémios.

Do Japão, no Daiichi Hotel Ryogoku, em Tóquio, directamente para Palmela, vieram duas medalhas de Ouro (Vinha da Fonte Touriga Nacional 2021 e Casa Ermelinda Freitas Espumante Bruto Branco), outras duas de prata (Quinta da Mimosa 2021 e Casa Ermelinda Freitas Moscatel Roxo de Setúbal Superior 2010), uma medalha de bronze (Flor de La Mar Tinto 2022) e o prémio “Best Value” para a Casa Ermelinda Freitas Espumante Branco Bruto.

Neste sentido a Câmara Municipal de Palmela aprovou por unanimidade, na última reunião do executivo (dia 8), uma saudação pela conquista destes galardões. “A Câmara Municipal de Palmela saúda a Casa Ermelinda Freitas pelo excelente trabalho que tem vindo a asseverar no universo vínico, contribuindo para o reconhecimento da qualidade dos vinhos portugueses, da promoção dos mesmos e das regiões vitivinícolas onde são produzidos e enaltecendo o nome de Palmela e deste território, a nível internacional”, lê- -se no documento.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -