23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Bilhetes para a Feira Medieval de Palmela sem aumento na compra antecipada

Bilhetes para a Feira Medieval de Palmela sem aumento na compra antecipada

Bilhetes para a Feira Medieval de Palmela sem aumento na compra antecipada

Até 31 de Julho, os ingressos têm preços iguais aos da edição anterior. Para lá dessa data aumentam 1 euro

 

A edição de 2023 da Feira Medieval de Palmela vai decorrer entre 22 e 24 de Setembro e os preços dos bilhetes vão manter-se iguais aos do ano anterior, desde que adquiridos antecipadamente.

- PUB -

Em 2022, os bilhetes diários custaram 3 euros e o passe de três dias ascendeu a 6 euros. Valores que a Câmara Municipal de Palmela deliberou, por unanimidade na reunião do passado dia 8, manter para este ano, mas desde que os ingressos sejam comprados até 31 de Julho. Depois dessa data, o custo aumenta 1 euro – o bilhete diário passa a custar 4 euros e o passe para os três dias fica com o valor de 7 euros.

A decisão foi tomada “tendo em conta o investimento significativo necessário para a concretização de um evento desta natureza, agravado pelo actual contexto económico, por forma a comparticipar as despesas inerentes”. Ainda assim, foram consideradas “as dificuldades generalizadas do consumidor”, lê-se na proposta.

A bancada socialista questionou a gestão CDU sobre eventuais medidas que possam estar a ser pensadas para evitar as longas filas que se formaram na edição do passado ano. O que, sublinhou o vereador Raul Cristóvão, “fez com que muita gente desistisse ou perdesse grande parte do tempo previsto ser passado no recinto da feira”.

- PUB -

Luís Miguel Calha, vereador da CDU com o pelouro dos Mercados e Feiras, esclareceu que “está a ser estudado um conjunto de medidas que permitam facilitar o acesso e fluidez das bilheteiras e a compra dos bilhetes”, além da venda antecipada.

Acesso gratuito têm as crianças com idade igual ou inferior a 12 anos. E Paulo Ribeiro, vereador do PSD, deixou a sugestão da ponderação de um “bilhete intermédio”, que abrangesse as crianças entre os 12 e os 17 anos, assim como a possibilidade de compra de um “passe familiar”.

Luís Miguel Calha retorquiu que “esteve em equação o estabelecimento do preço intermédio, ou do bilhete de família, mas [a proposta] não evoluiu nesse sentido”, já que os preços apresentados “podem considerar-se competitivos”. “Em outros certames desta natureza, os preços são, na esmagadora maioria, muito mais caros”, justificou o autarca da CDU.

- PUB -

Álvaro Amaro, presidente da Câmara, sublinhou que os valores de contratação de serviços já tinham aumentado no ano passado, mas que a autarquia preferiu manter o montante a pagar pelo público. E frisou que “o aumento dos custos da contratação de serviços, artistas, animação e demais logística vai de 300 a 400 por cento”.

O edil realçou ainda que adquirir previamente os bilhetes permite também perceber a afluência esperada de população ao evento, o que possibilita adoptar atempadamente todas as medidas de segurança necessárias para o certame.

A Feira Medieval de Palmela estreou-se em 2014 e pretende “envolver a participação das gentes, através da interacção com a recriação histórica e fidedigna em torno da vivência própria da época”, informa o município. No último ano, o tema da Feira Medieval foi “Mesteirais e Outras Gentes na Palmela do Séc. XII” e o evento atraiu à vila cerca de 35 mil pessoas.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -