16 Abril 2024, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaComerciantes propõem “pequenas alterações” para melhorar circulação do trânsito na Volta da...

Comerciantes propõem “pequenas alterações” para melhorar circulação do trânsito na Volta da Pedra

Mudança de paragem de autocarros permitiria aliviar congestionamento, apontam os lojistas

 

- PUB -

A rotunda localizada em Volta da Pedra, Palmela, em frente ao supermercado Aldi, regista diariamente congestionamentos de trânsito e os comerciantes locais dizem estar a ser prejudicados nos negócios pela situação.

O SETUBALENSE falou com os donos de estabelecimentos comerciais instalados na localidade e a opinião generalizada é a de que com “pequenas soluções” de “baixos custos” o problema poderá ser resolvido. A situação, queixam-se, está a afectar a afluência de clientes, uma vez que “várias pessoas evitam vir às lojas nas horas de maior trânsito”.

Entre as razões que consideram estar na base do constrangimento automóvel no local, destacam a paragem de autocarros instalada logo após a rotunda, na saída em direcção a Setúbal, que impede, quando parados os transportes rodoviários para entrada e saída dos passageiros, a passagem de veículos na estrada.

- PUB -

“Deslocar esta paragem uns metros mais para a frente, facilmente resolvia esta questão e deixava que os carros continuassem o percurso sem esperar obrigatoriamente que o autocarro arranque, porque ele ocupa a estrada quase toda quando ali pára”, desabafa o dono de um estabelecimento, que preferiu não se identificar.

Também quem vem da Avenida do Caminho de Ferro é obrigado a ir à rotunda, mesmo quando o destino possa ser Setúbal, uma vez que é proibido virar à esquerda. Para este caso, apontam a possibilidade de “uma rotunda provisória, mesmo em formato de teste, com uns pilaretes” que obrigasse a que “fosse visível a melhoria em muito do congestionamento” de veículos.

Outras das razões que, de acordo com os comerciantes, contribuem para o ‘engarrafamento’ do trânsito na rotunda tem origem na Avenida Alberto Valente. É que quem tem filhos a estudar no colégio localizado numa rua ali perto não pode cruzar directamente por essa via em direcção à Estrada das Serralheiras, já que é obrigatório seguir em frente e contornar a rotunda.

- PUB -

“Todos estes pormenores são detalhes que, à partida, com pouco dinheiro, conseguiam melhorar o problema em, digamos, 50%… que é muito. São coisas simples, mas que iriam facilitar a nossa vida, enquanto comerciantes, e a da população, enquanto pessoas que se deslocam diariamente e têm de passar por esta zona”, considera o dono da mesma loja.

Os comerciantes admitem ainda outras possibilidades para resolver a situação, que reconhecem ser “mais dispendiosas”, já que obrigariam a maior “investimento”, mas importante mesmo, salientam, é que possa ser posta em marcha uma solução que impeça o congestionamento de veículos e facilite a passagem do trânsito na Volta da Pedra.

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Desaparecido no mar esteve no sábado à pesca de choco no Sado

Ricardo Neves esteve no dia anterior à tragédia em embarcação turística. Mestre de embarcação critica quem se aventura na zona do naufrágio

Lisnave distribui mais de três milhões de euros pelos trabalhadores

Prémio é justificado com resultado obtido no ano passado, descrito o "melhor desempenho de sempre"
- PUB -