8 Agosto 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaPinhal Novo vai ficar mais verde com 300 novas árvores e arbustos...

Pinhal Novo vai ficar mais verde com 300 novas árvores e arbustos até final de 2023

Candidatura aprovada. Projecto do município prevê acréscimo de 9,2 hectares de área arborizada e um aumento de 13% de sombras na vila

 

- PUB -

A vila de Pinhal Novo vai ficar mais verde, com a plantação de quase 300 novas árvores e arbustos até final de Dezembro de 2023. A operação, com um orçamento global estimado em 75 mil euros, será financiada na totalidade pelo Programa Operacional Compete 2020, já que o município viu aprovado o projecto que candidatou para “a criação de duas ilhas de sombra: uma no recinto do Mercado Mensal de Pinhal Novo (com 7,7 hectares) e outra na área de cedência do loteamento de Val’Flores (com 2 hectares)”.

Ao todo, neste dois locais, “vão ser plantadas 297 árvores/arbustos das espécies autóctones pinheiro-manso, sobreiro, freixo-de-folha-estreita, lódão-bastardo, choupo-branco, medronheiro, loureiro e romãzeira”, revela a autarquia. O projecto, intitulado “Pinhal Novo Verde”, prevê também a instalação de “rede de rega, 10 casas ninho e três totens informativos”, além de contemplar a produção de “uma brochura de informação/sensibilização” a relacionar a intervenção “com a adaptação climática e a biodiversidade urbana”.

“Estima-se que o projecto acrescente 9,7 hectares de área arborizada à vila de Pinhal Novo, aumentando em 13% a área de sombra (quando as árvores forem adultas) e adicionando 14.922 m2 aos 115.866 m2 de sombra actual. Prevê-se também que beneficie a totalidade da população da vila, a que acrescem os feirantes e visitantes do Mercado Mensal, correspondendo a um total de 25.460 pessoas. A operação estará concluída até 31 de Dezembro de 2023”, salienta o município, que justifica a importância do investimento.

- PUB -

“De acordo com os estudos climáticos do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas da Área Metropolitana de Lisboa e do Plano Local de Adaptação às Alterações Climáticas de Palmela (em elaboração), o calor excessivo é actualmente um dos perigos climáticos mais relevantes no concelho. O Pinhal Novo é o aglomerado urbano onde um maior número de pessoas apresenta – e apresentará no futuro – maior exposição e vulnerabilidade ao calor excessivo.”

A candidatura do projecto ao Compete 2020, agora aprovada, foi apresentada pelo município de Palmela em Fevereiro último.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -