18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaMais de meio milhar a descobrir os recantos da serra da Arrábida

Mais de meio milhar a descobrir os recantos da serra da Arrábida

A 2.ª edição do Arrábida Walking Festival superou todas as expectativas, considera o município de Palmela com base nos números apurados

 

- PUB -

Vinte e quatro percursos pedestres, 50 actividades, e um total estimado de 250 quilómetros percorridos por mais de meio milhar de participantes no Parque Natural da Arrábida. Os números reportam-se à segunda edição do Arrábida Walking Festival, que arrancou na passada sexta-feira e se estendeu por sábado e domingo, superando todas as expectativas.

O balanço é feito pela Câmara Municipal de Palmela, entidade responsável pela organização do evento juntamente com as autarquias de Setúbal e Sesimbra e a Biotrails.

Além de passeios pedestres, esta edição “integrou um conjunto de caminhadas focadas na flora da Arrábida (1 450 espécies) acompanhadas por especialistas, com destaque para a colaboração da Sociedade Portuguesa de Botânica”, destaca a autarquia palmelense, em comunicado.

- PUB -

O evento englobou ainda “um programa complementar, com percursos temáticos, workshops gastronómicos e de fotografia, visitas guiadas e a 2.ª caminhada acessível a pessoas com deficiência visual, num percurso pedestre sensorial, este último, orientado pelo município de Palmela e pela Associação Bengala Mágica”.

Para Luís Calha, vereador na Câmara de Palmela, esta é uma iniciativa singular. “O Arrábida Walking Festival é um festival de experiências únicas. É único caminhar na serra, entre amigos, descobrir a natureza, a flora, a fauna muito diversa, o património arqueológico, a gastronomia”, considerou, citado no comunicado.

O autarca lembrou ainda que o evento “pretende congregar pessoas num espírito de confraternização, descoberta da história e património local, mas também vivenciar a natureza, respeitando-a, deixando o legado às próximas gerações”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -