18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaAuditório Municipal de Pinhal Novo já tem Rui Guerreiro no nome

Auditório Municipal de Pinhal Novo já tem Rui Guerreiro no nome

Cerimónia de homenagem a figura ímpar da cultura na comunidade juntou várias dezenas de pessoas

 

- PUB -

O Auditório Municipal de Pinhal Novo já tem Rui Guerreiro no nome. A nova designação foi descerrada no passado domingo (Dia Mundial do Teatro), perante várias dezenas de pessoas, e visou homenagear a personalidade ímpar da cultural local.

A cerimónia arrancou com a actuação do Bardoada – Grupo do Sarrafo e contou com intervenções da esposa, Ana Guerreiro, e de amigos. Álvaro Balseiro Amaro, presidente da Câmara Municipal de Palmela, foi quem encerrou os discursos.

“Quem teve o privilégio de ser amigo do Rui, de com ele ousar sonhar, de discutir, de discordar, de construir cultura, sonho, liberdade, em Pinhal Novo, sabe que é verdade tudo aquilo que aqui já foi dito e que é, de facto, uma personalidade ímpar”, disse o autarca. Os oradores que o tinham precedido já haviam destacado Rui Guerreiro como “um homem livre, bom, dedicado ao teatro, à cultura, que a todos faz falta”.

- PUB -

E Álvaro Amaro foi mais longe. “A melhor homenagem que poderemos continuar a prestar ao Rui é seguir o seu sonho, o seu caminho e procurar fazer esse percurso com os seus valores, com a sua forma de ser, a sua forma de estar, transformando as mentalidades, transformando a cultura, transformando esta terra com a generosidade e os valores que ele defendia. Tudo aquilo que foi possível vivenciar no associativismo, na intervenção cívica, no teatro é um legado invejável. Ele faz-nos, de facto, muita falta. Continua a ser uma inspiração, mais do que uma recordação.”

O equipamento passou a ostentar na fachada, desde domingo, a denominação de Auditório Municipal de Pinhal Novo – Rui Guerreiro. Falecido em Março de 2020, Rui Guerreiro deixou para trás um trajecto ímpar “ligado ao associativismo e à criação teatral (Grupo ATA – Acção Teatral Artimanha)”, lembra o município.

Rui Guerreiro, sublinha ainda a autarquia, “participou em inúmeros projectos artísticos como produtor, encenador e actor”. O Festival de Teatro pela Paz, o Festival Internacional de Gigantes, a Queimada Mística, as Noites de Verão foram, entre outros, projectos que beneficiaram do seu contributo. O contributo que deu “à vida cultural da comunidade” já havia sido reconhecido, em 2018, com a Medalha Municipal de Mérito – Grau Prata.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -