11 Agosto 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaPS reedita triunfo em Palmela a crescer mais do que todos

PS reedita triunfo em Palmela a crescer mais do que todos

Chega, que saltou do 7.º para o 3.º lugar, e IL foram quem mais cresceu em termos percentuais. BE e CDU mais penalizados

 

- PUB -

O PS voltou a ser a força política mais votada no concelho de Palmela – os socialistas venceram, de resto, em todos os concelhos do Distrito de Setúbal –, nas legislativas de domingo passado.

O partido da rosa foi o que registou a maior subida em número de votos, ao receber a preferência de 14.085 eleitores (43,21%) – mais 3.272 votos em relação ao sufrágio de 2019, quando obteve 10.813 (37,43%).

Mas em termos percentuais, a direita foi quem mais capitalizou com o Chega e a Iniciativa Liberal (IL) a registarem os crescimentos mais acentuados. O partido liderado por André Ventura passou de sétima para terceira força mais votada, destronando a CDU do último lugar do pódio. Obteve 10,18% da votação, que compara com os 2,01% conquistados nas eleições anteriores. Foi o segundo partido a crescer mais no número de votos: alcançou os 3.319 (mais 2.737 do que nas eleições anteriores). A IL, que passou de 1,02% para 5,25%, registou 1.710 votos (uma subida de 1.416).

- PUB -

Ainda à direita, o PSD, que se manteve como segundo partido mais votado, também reforçou o registo alcançado em 2019: atingiu os 17,12% (mais 2,09% face ao escrutínio anterior), traduzidos por 5.581 votos (mais 1.238). O CDS foi o único partido deste quadrante político a perder espaço – baixou de 3,26 para 1,12%, o que reflecte uma perda de 575 votos.

Bloco de Esquerda (BE) e CDU foram as forças mais penalizadas, com perdas que ultrapassaram o milhar de votos. Os bloquistas tiveram uma redução de 1.694 votos, o equivalente a cerca de metade do eleitorado conquistado há pouco mais de dois anos (3.767), baixando de 13,04 para 6,36% e passando de quarta para quinta força mais votada. A coligação PCP-PEV passou dos 4.017 votos (13,91%) para os 2.860 (8,77%).

Quem também caiu foi o PAN, que em 2019 tinha chegado aos 4,29% (com 1.238 votos) e que agora quedou-se por 1,96% (perdeu 599 votos). Já o Livre cresceu pouco mais de uma centena de votos – passou de 408 (1,41%) para 519 votos (1,59%).

- PUB -

A abstenção no concelho foi de 42,25% (menos 4,81 pontos percentuais face a 2109).

 

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos
- PUB -